Sul-africano David Van Zyl é campeão do Vans Pro, QS 3k que abre a temporada havaiana em Sunset. Melhor brasileiro, Weslley Dantas foi até as quartas

Por Redação HC

Terminou na noite desta quarta (30) em Sunset o Vans Pro, QS de 3 mil pontos que abriu a temporada havaiana no litoral norte de Oahu, com vitória do sul-africano David Van Zyl.

Melhor dos apenas quatro brasileiros inscritos, Weslley Dantas chegou até as quartas de final, onde ficou atrás de Crosby Colapinto, irmão caçula de Griffin, e do próprio David, que viria a conquistar o título. João Chumbinho, Wiggolly Dantas e Philippe Chagas foram os outros brasileiros que correram a etapa, todos eliminados nos primeiros dias.

Sunset, outubro de 2019

Sunset pela manhã no dia da final (WSL)

O evento não teve grande impacto no ranking do circuito de acesso ao CT, mas consolidou os atletas da regional Hawaii/Tahiti Nui da WSL que ganharão o direio de participar das etapas de 10 mil pontos, da Tríplice Coroa Havaiana — o Hawaiian Pro, em Haleiwa, e a Vans World Cup, novamente em Sunset.

Van Zyl fez uma boa campanha ao longo de todo o último dia, com notas de pontuação excelente ou muito próximas disso todas as baterias. Na mais sofrida delas, nas quartas de final, ele estava sendo eliminado até os últimos momentos, quando arrancou oito pontos dos juízes com uma única manobra — uma batida numa sessão que fechava de uma onda da série, para despencar no vazio junto com o lip e aterrissar com perfeição.

Nessa mesma bateria Weslley Dantas quebrou sua prancha, precisou trocar o equipamento e não se encaixou com o mar, terminando na última posição. Antes disso, ele havia começado o dia com uma vitória sobre três havaianos: Finn McGill, Keanu Asing e Tyler Newton.

Outro destaque no dia foi Jack Robinson, que fez uma bateria quase perfeita na quarta rodada. Tirou nota 10 com um tubo enorme e limpo, e complementou o score com nove pontos. Jack avançou até a final e terminou o campeonato na terceira posição. Zeke Lau, bicampeão em Sunset (no evento da Tríplice Coroa mesmo), terminou em segundo, e Barron Mamiya, em quarto.

O período de realização do Hawaiian Pro, em Haleiwa, vai do dia 13 ao dia 24 de novembro. Sunset, logo na sequência, vai de 25 de novembro a 7 de dezembro.

Veja também:
Não é só Pipe: John John vai correr toda a Tríplice Coroa Havaiana
Hurley é vendida pela Nike para conglomerado de marcas de moda
Surfistas assumem linha de frente na limpeza do óleo na Bahia