Publicidade:

Tatiana Weston-Webb fecha parceria com Corona

Tatiana Weston-Webb, 25 anos, atual 2ª colocada no ranking da elite mundial do surf, a única brasileira a competir na Liga Mundial de Surf (WSL) e representante do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, agora integra a equipe de surfistas da Corona.

A notícia é anunciada antes da quinta etapa do circuito mundial, o Rottnest Search, que acontece em Rottnest, Austrália, e tem patrocínio da Corona.

Tatiana foi a vencedora da etapa anterior, o Margaret River Pro, realizado na Austrália, após vencer a australiana Stephanie Gilmore na final no dia 10 de maio.

Veja também: 
+ Tatiana Weston-Webb discute com Moana Jones em Pipeline
+ Conheça estas 14 lendárias surfistas
+ Documentário aborda a coragem da surfista de ondas grandes Joana Andrade

Com o anúncio, Tatiana integra um grupo composto pelos atletas Gabriel Medina, Filipe Toledo, Chloé Calmon e Phil Rajzman. Além disso, reforça o apoio da marca de cerveja ao surf feminino.

“A Corona é uma marca que convida as pessoas a viverem a vida do lado de fora, curtindo e cuidando dos paraísos naturais, em especial as praias. O surf traduz essa essência e nos orgulhamos em apoiar o esporte e seus representantes,” conta João Pedro Zattar, head de Marketing da Corona no Brasil, lembrando que a Corona é a cerveja oficial do WSL no Brasil e no mundo.

“Ao longo dos últimos anos, vimos o país do futebol se tornar também o país do surf – uma grande conquista que reforça a necessidade de popularizar a prática e incentivar a torcida. O patrocínio a atletas brasileiras como Tati Weston-Webb e Chloé Calmon, inspira e empodera meninas e mulheres a se aproximarem do esporte, algo de extrema importância,” complementa.

Tatiana Weston-Webb nasceu no Brasil, em Porto Alegre (RS), e com poucos meses de idade foi morar em Kauai, no Havaí, onde começou a surfar aos oito anos. Tati é filha de um surfista inglês e uma bodyboarder brasileira e em 2015, foi campeã do WQS, a divisão de acesso à elite do surf mundial, disputando também o Circuito Mundial do Surf e se consagrando como “Rookie” (revelação) daquela edição.

No ano seguinte, em 2016, Tati ganhou seu primeiro evento no circuito mundial. Em 2018, conquistou a sua vaga para a seleção olímpica brasileira de surf, que acabou confirmada no ano seguinte, 2019.

“Estou feliz e me sinto muito grata por ser a mais nova embaixadora da Corona, que é uma apoiadora do esporte. Unidos, levaremos o surf feminino para mais longe, para o lugar que as mulheres merecem ocupar no esporte,’’ celebra Tatiana Weston-Webb.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias