Campeão Mundial Adriano de Souza retruca Raoni Monteiro no Instagram, depois do carioca “dar bronca” nos tops da WSL, ao pedir engajamento contra a CBSurf.

Por Adriano Vasconcellos, diretor de redação HARDCORE

O O top da WSL Adriano de Souza, campeão mundial de 2015, retrucou Raoni Monteiro no Instagram, após o carioca fazer uma série de acusações contra a CBSurf – Confedereção Brasileira de Surfe.

Entenda: Raoni Monteiro pede a saída do presidente da CBSurf 

Tudo começou quando Raoni criticou abertamente a CBSurf pela criação do novo Circuito Brasileiro, com corte arbitrário de atletas e convites de ocasião.

Raoni também acusou o presidente da CBSurf Adalvo Argolo de se beneficiar da verba pública, que é recebida pela confederação via COB – Comitê Olímpico Brasileiro.

Saiba sobre um dos casos: CBSurf alugou imóvel da esposa de Adalvo Argolo com dinheiro público

Em uma segunda publicação na sua conta do Instagram, Raoni Monteiro deu uma bronca nos Tops WSL pela falta de engajamento na causa, entre eles Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Tati Weston-Webb, Silvana Lima e Adriano de Souza.

E Raoni elogiou a atitude do top Filipe Toledo, o único que tinha se manifestado em grupos de whatsapp contra a manobra da CBS para criação do novo Circuito Brasileiro.

Veja: Raoni Monteiro “dá bronca” em Medina e Ítalo

A REAÇÃO DE ADRIANO DE SOUZA

Mineiro foi o primeiro a se manifestar ao chamado de Raoni. E por enquanto o único dos citados a reagir. Adriano deu razão para o carioca, mas disse que ele estava jogando as estrelas da WSL na fogueira.

“Nossa mano que loucura que está isso aqui. Em primeiro lugar, você tem toda a razão na sua revolta, tem todo direito de expressar. Agora, você está errado em jogar os atletas do WCT na fogueira desse jeito. Raoni Monteiro, nós não temos nada a ver com os erros dos outros. Você vai se expressar no Brasil, não dá. As pessoas não tem diálogo, misturam futebol com surf, Bolsonaro com Lula. Infelizmente, não dá cara”, escreveu Adriano de Souza, em resposta ao post de Raoni.

Mineiro disse ainda que a questão teria que ser resolvida internamente e não de forma pública.

“Politica é foda! Eu nunca fiz parte e não pretendo isso pra minha vida! Todos nós surfistas estamos revoltados, isso não é de hoje”, emendou Adriano, que prosseguiu fazendo um elogio ao compatriota que chegou a correr o CT no início de sua carreira profissional.

“Admiro muito você, uma pessoa muito casca grossa, já foi da elite, sabe como as coisas funcionam, mas a garotada do WCT não tem nada haver com isso”.

Mineiro disse ainda que os atletas tem que se preocupar em ser atletas, não em ser políticos.

“Além da concorrência, a maioria sem patrocínios, poucos campeonatos, a realidade mudou, estamos sofrendo juntos. O cenário tem que ser mudado… O Brasileiro Amador foi largado há 10 anos, no qual você foi campeão e foi minha referência. A sua voz também tem que ir para o feminino. O caso é grave e não é de hoje”.

Veja mais: Vergonha, Escândalo, Desrespeito: O que dizem os surfistas sobre a CBSurf

O QUE RESPONDEU RAONI MONTEIRO PARA MINEIRO

“Adriano de Souza, meu brother. Me desculpa se por algum momento te ofendi ou fiz algo que não gostou, quando pedi a sua “ajuda”, e de todos atletas do World Tour, para nós unirmos e lutarmos por um circuito digno no Brasil”, interagiu Raoni com Mineiro.

“Uso minhas redes sociais pra expressar a verdade e temos que tirar proveito da voz pra fazermos o bem. Imagina por um minuto se a WSL chegasse e falasse esse ano que só participaria do WT os top 10 do ranking? Onde você ficaria nessa? Nem a chance pra wildcard teria”, respondeu Raoni.

Raoni continuou alertando sobre todos os acontecimentos envolvendo a CBSurf e pediu união.

“Acho que com a união de todos atletas, surfistas amadores ou não, podemos mudar isso. Aqui não tem ninguém querendo se dar bem… Estamos junto, irmão. Torço muito por vocês!”

View this post on Instagram

BORA GALERA! Recebi um texto muito bom que explica exatamente tudo isso…! “Gostaria de vir a público para fazer uma pergunta que todos amantes do surf no Brasil estão se fazendo. Porque, com todos os lamentáveis acontecimentos praticados pela CBSurf, com sua administração nefasta, ditatorial, cheia de irregularidades e desvios de verbas públicas, onde só seus dirigentes se beneficiam, surfistas como @gabrielmedina (Bi-Campeao mundial), @italoferreira (Atual Campeão do mundo), @tatiwest e Silvana Lima, representantes do Brasil na olimpíadas do Japão, até agora não saíram em defesa dos surfistas brasileiros que estão sendo extremamente prejudicados? A Confederação Brasileira de Surf não pensa no esporte e não liga para os interesses dos atletas, isto é um fato. Fica aqui uma dica para vocês, não se trata de política e sim de fatos estarrecedores acontecidos e vocês são os ídolos destes atletas, vocês não devem nada a CBSurf, vocês conquistaram suas vagas pelo regulamento, por méritos próprios, quem está levando vocês é o COB e vocês foram classificados pela WSL e ISA, sem ingerência nem ajuda alguma da CBSurf. Então façam sua parte e expressem sua indignação a também, afinal só @filipetoledo saiu em defesa dos atletas. E você Adriano, multi campeão, ídolo de tantos mundo afora, se pronuncie também, aguardamos com ansiedade. Vocês sabem que está tudo errado e que estas pessoas que estão à frente da entidade não tem condições de administrar o surf nacional. Abraços e o surf brasileiro agradece por tudo que fizeram e vai agradecer ainda mais se tomarem atitude e tomem uma posição neste momento tão delicado.” SURF NA VEIA!

A post shared by Raoni Monteiro (@raonimonteirooficial) on