Prove que é um ser humano: 9   +   10   =  

O cancelamento do Margaret River Pro devido à ameaça de ataques de tubarão continua repercutindo. O último a deixar seu pitaco sobre a movimentada e polêmica semana no oeste australiano foi o supostamente lesionado Kelly Slater.

Em entrevista ao jornal australiano ABC News, o onze vezes campeão mundial foi evasivo, mas acabou levantando uma polêmica que nenhum dos outros tops havia sequer mencionado.

“Eu apoio a decisão da WSL”, começou. “Se eu estivesse na etapa, só poderia falar por mim mesmo, e meu desejo seria o de continuar o campeonato”, disse. Então, Slater discretamente levantou a polêmica:

“Há algumas teorias sobre quem queria e quem não queria surfar e os efeitos que isso teria nos rankings. Aqueles que eram mais contrários ao retorno do campeonato não tem um histórico muito bom em Margaret, então nós apenas podemos imaginar se isso teve ou não algum efeito sobre o medo deles de ir para a água”.

Sim: ele está insinuando que (para algumas pessoas, não para ele, é claro…) o protesto feito por Gabriel Medina e Ítalo Ferreira teria sido motivado por seus maus resultados nas últimas participações na etapa de Margaret River.

Vamos então fazer algumas considerações:

Ítalo está na melhor fase de sua carreira. Acabou de ganhar seu primeiro troféu no tour, está com a confiança lá em cima, as pranchas voando sob seus pés e já fez uma semifinal em Margaret.

Gabriel Medina está em sétimo no ranking. Não está em primeiro. Nem em segundo. Nem em terceiro, nem em quinto. Em sétimo. “Hmmm, estou em sétimo, bora terminar com mais esse 13º aqui que está de bom tamanho“. Alguém consegue imaginar o Medina pensando assim? Sério mesmo?

Por fim, dois surfistas foram atacados por tubarões em um mesmo dia a alguns quilômetros dali. Dois. Em um dia. Tubarões brancos. Enormes e famintos. Não é uma ficção.

Difícil imaginar que o próprio Slater acredita em algo assim. Então por que levantar essa bola? Mais um de seus jogos fora da água? Inveja da camisa amarela de Ítalo? Saudade da água salgada? Poderíamos levantar mais hipóteses, teorias que nós escutamos por aí… Mas não seria uma boa ideia, não é mesmo, Kelly?


Assine nossa newsletter e receba toda semana os conteúdos mais incríveis da Hardcore