26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024

WSL Finals: Italo Ferreira bate Ethan Ewing com folga

Após vitória contra o japonês Kanoa Igarashi, Italo Ferreira venceu o australiano Ethan Ewing pelo placar de 13.10 x 11.83 pontos, em uma bateria razoavelmente morna das WSL Finals, com liderança do brasileiro do início ao fim. Com o resultado, o potiguar agora enfrenta outro australiano, Jack Freestone, segundo colocado no ranking da WSL.

Clique AQUI e acompanhe a transmissão em português.

Clique AQUI e acompanhe a transmissão em inglês.

Até 23 minutos para o término da bateria, Ethan Ewing não havia surfado nenhuma onda. Esperou pacientemente no outside, enquanto Ferreira somava 12.83 pontos no placar, com 6 e 6.83 pontos.

Voltando de sua primeira onda, que lhe rendeu 3.17 pontos, Ewing assistiu a Italo vindo em mais uma onda que lhe conferiu ampliar a liderança sobre o australiano, trocando seus 6 pontos por 6.27 pontos.

Cinco minutos após sua primeira onda, Ewing pegou uma onda mediana e limpa e decolou em um full rotation, mas errou o pé de trás e não conseguiu concluir a manobra.

Ewing seguiu em atividade; pegou mais uma onda, deu duas sapatadas, mas acabou caindo na finalização; depois surfou outra onda na sequência, rasgou e deu cutback, mas nada expressivo para ultrapassar a pontuação do brasileiro que somava 13.10 pontos contra 7.50 pontos totais de Ewing.

Com algumas rasgadas e uma rabetada, Ewing diminuiu a desvantagem do placar contra Italo, somando 4.77 e 4.33. A essa altura, ele precisava de uma nota na casa dos oito pontos para ultrapassar o brasileiro.

Ewing seguiu tentando. A quatro minutos do fim, ele pegou uma marola; manobrou no crítico, deu aéreo e finalizou com sucesso, trocando o seu 4.33 por um 5.33. Mesmo assim, não foi suficiente para ultrapassar o potiguar; Ewing precisava de um 7.77 para a virada.

A 40 segundos do fim, Ewing tentou seu último suspiro com uma onda pequena que foi “espancada” até o final, lhe rendendo 6.50, e assim deu adeus à batalha pelo caneco do CT 2022 na quarta colocação. 

Agora, o brasileiro terá pela frente o australiano Jack Robinson, segundo colocado do ranking. Quem vencer, encara Filipe Toledo na disputa final.

No feminino, Stephanie Gilmore segue invicta, após bater a costa-riquenha Brisa Hennessy e a brasileira Tatiana Weston-Webb. Steph, cada vez mais perto do seu oitavo título mundial, agora disputa a semifinal com a francesa Johanne Defay.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias