26 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

WSL Finals: Italo Ferreira vence primeira bateria do masculino e vai enfrentar Ethan Ewing

O duelo entre o japonês Kanoa Igarashi e o brasileiro campeão olímpico Italo Ferreira abriu a categoria masculina do WSL Finals, nesta quinta-feira (8), em Lower Trestles, San Clemente, Califórnia (EUA).

Clique AQUI e acompanhe a transmissão em português.

Clique AQUI e acompanhe a transmissão em inglês.

Ainda sem prioridade definida, a bateria começou com uma pequena confusão entre os competidores. Ambos remaram em direção a mesma onda, com Igarashi por baixo do brasileiro.

Pelas imagens, fica claro que eles chegaram muito perto um do outro, mas nenhum ficou em pé na prancha. A WSL, portanto, necessitou rever a cena e optou por manter a disputa sem definição de prioridade.

Aos 20 minutos do fim, Italo pegou a primeira onda da disputa e mandou uma variação de rasgadas e batidas em uma direita mediana que valeu um 4.33. Pouco tempo depois, o japonês respondeu com uma nota um pouco melhor que rendeu 5 pontos e, na sequência, também performou em uma direita para acrescentar mais 6.83 ao seu somatório.

Após errar em algumas ondas, Italo Ferreira buscou uma excelente nota, com apenas uma grande manobra: um aéreo full rotation alto que valeu 8.17 e, consequentemente, a virada de bateria. Sem prioridade, ele ainda trocou sua segunda melhor nota por um 5.20.

A pouco mais de 2 minutos para o fim, Igarashi chegou a pegar mais uma onda para tentar a virada, mas acabou errando muito nas manobras e não conseguiu aumentar seu somatório. Dessa forma, Italo avançou e segue vivo na disputa do WSL Finals pelo título mundial.

 Agora, o brasileiro terá pela frente o australiano Ethan Ewing, terceiro colocado do ranking. Quem vencer, encara o também australiano Jack Robinson.

Já Kanoa Igarashi deu adeus à competição, terminando o Championship Tour 2022 em quinto lugar.

O brasileiro Filipe Toledo, por liderar o ranking, já está garantido na grande final e aguarda seu adversário para a bateria decisiva da temporada, que será disputada no formato melhor de três.

No feminino, a primeira batalha do dia também já aconteceu. A sete vezes campeã do mundo, Stephanie Gilmore – que chegou como quinta colocada no ranking de 2022 – levou a melhor contra a costa-riquenha Brisa Hennessy.

Agora a australiana enfrenta a brasileira Tatiana Weston-Webb, terceira colocada do ranking. Quem vencer, encara a francesa Johanne Defay na semifinal.

 

 

 

 

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias