13 animais foram resgatados por conta do óleo e 10 já morreram. Petrobrás e Ibama ainda não sabem dizer de onde se origina o vazamento

Por Redação HC

Passou de 99 para 113 o número de locais no Nordeste afetados pelo vazamento de um petróleo até agora, “sem dono”. As manchas de petróleo cru começaram a se espalhar por toda a costa do Nordeste desde o começo de setembro ocasionando na morte de diversos animais marinhos, além da poluição de mares e praias.

Ao todo, 13 animais foram encontrados com manchas de óleo no Nordeste (Foto: Reprodução / Projeto QUEAMAR)

A Petrobras analisou os resíduos e constatou que o material não é de origem brasileira, já que a estatal não produz petróleo cru. A  primeira suspeita é que o petróleo tenha vindo de navios que passam pela região. O grupo da Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco (CPRH), está sob o comando das primeiras avaliações do resíduo e do mapeamento da causa, mas as pesquisas ainda estão em fase inicial.

Confira quantos locais foram atingidos em cada estado, segundo o Ibama:

  • Alagoas: 11 locais
  • Ceará: 8 locais
  • Maranhão: 11 locais
  • Paraíba: 16 locais
  • Pernambuco: 19 locais
  • Piauí: 1 local
  • Rio Grande do Norte: 43 locais
  • Sergipe: 4 locais

 

O número de animais ferido também aumentou, O óleo já atingiu ao menos 12 tartarugas e uma ave bobo-pequeno. Três tartarugas foram encontradas vivas e nove morreram após o resgate. A ave também não sobreviveu. Confira a lista de onde os animais foram encontrados:

  • 1/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Sabiaguaba, Fortaleza (CE) – morta
  • 4/9 – 2 tartarugas marinhas – Praia do Paiva, Cabo de Santo Agostinho (PE) – mortas
  • 7/9 – 1 ave bobo pequeno – Praia de Cumbuco, Caucaia (CE) – morta
  • 11/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Jacumã, Ceará-Mirim (RN) – viva
  • 16/9 – 1 tartaruga marinha – Ilha dos Poldos, Aroises (MA) – morta
  • 22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Itatinga, Alcântara (RN) – viva
  • 22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – morta
  • 23/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – viva
  • 24/9 – 1 tartaruga marinha – Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara (RN) – morta
  • 28/09 – 1 tartaruga marinha – Ilha Grande, Ilha Grande (PI) – morta

 

VEJA TAMBÉM:
SURFISTA SORTUDO PEGA ONDAS ENTRE BALEIAS JUBARTE NA AUSTRÁLIA
CRISE CLIMÁTICA PODE ELEVAR NÍVEL DOS OCEANOS EM MAIS DE 1M ATÉ 2100, ALERTA ONU
VÍDEO INCRÍVEL MOSTRA POLVO QUE MUDA DE COR ENQUANTO SONHA; ASSISTA