Publicidade:

Presidente de El Salvador ganha lycra amarela da WSL

O Presidente da República de El Salvador Nayib Bukele mostrou nas redes sociais seu mais novo presente: uma lycra amarela de competição da WSL.

Veja mais:

Rio Pro: Gabriel Medina sofre pancada no joelho e vai passar por avaliação

Algoz olímpico de Gabriel Medina é criticado nas areias de Saquarema

Surfista de ondas grandes processa WSL depois de quase morrer afogado em Nazaré

A vestimenta foi personalizada com o seu sobrenome gravado, o número 1 escrito nas costas e a bandeira de El Salvador nas mangas. A lycra amarela é a mesma usada pelo atleta que lidera o ranking do circuito.

 Se você acompanha o universo do surf já deve ter percebido que El Salvador definitivamente passou a integrar o mapa dos lugares que recebe grandes competições internacionais. Primeiramente, o país foi sede do Mundial ISA em 2021. Com o sucesso da competição, a Associação Internacional de Surf (ISA) confirmou o Mundial em 2023 também por lá.

Após receber o Mundial Júnior ISA, El Salvador também fez parte do circuito mundial de surf da WSL, o CT. Foi a primeira vez na história que o local recebeu a elite dos surfistas. O evento coroou o norte-americano Griffin Colapinto como o campeão e o brasileiro Filipe Toledo vice. No feminino, a australiana Stephanie Gilmore levou a melhor.

Medina ironiza julgamento da WSL após polêmicas em El Salvador

Apesar das condições de onda não terem chegado nem perto do potencial do pico, a competição gerou muita repercussão e os atletas demonstraram show de surf.

O presente da WSL foi para agradecer a hospitalidade durante os dias de competição. Agora resta saber se o país seguirá sendo parte do calendário do CT em 2023.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias