26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Pedro Scooby, Lucas Chumbo e mais brasileiros indicados ao ‘Oscar’ das Ondas Gigantes

O bigrider Pedro Scooby foi indicado aos prêmios de Melhor Onda do Ano e Maior Onda de Tow-in do Red Bull Big Wave Awards 2022. Assim como ele, Lucas Chumbo está concorrendo aos títulos do ‘Oscar das Ondas Gigantes’ das mesmas categorias e também de Maior Onda na Remada.

Veja também:

Lesões mais comuns em surfistas

Italo Ferreira mostra suas skills em Uluwatu. Assista ao vídeo

Gabriel Medina tem chances de ser campeão mundial em 2022?

Michelle des Bouillons, Pedro Calado e Raquel Heckert também estão representando o Brasil na premiação. Os vencedores serão anunciados no início de julho.

A lista com todos os atletas indicados foi anunciada nesta terça-feira (24) pela World Surf League (WSL). Uma premiação de 350.000 dólares será distribuída nas três categorias masculinas e femininas: de Melhor Onda do Ano, Maior Onda de Tow-In e Maior Onda na Remada. Os fotógrafos e videomakers das ondas vencedoras, também receberão premiação em dinheiro.

Red Bull Big Wave Awards deste ano recebeu mais de 300 inscrições, com algumas das ondas mais pesadas e incrivelmente surfadas durante a temporada de premiações de ondas grandes, de 1º de abril de 2021 a 31 de março de 2022. Todas as ondas foram avaliadas por um painel de jurados formado por juízes da WSL, ex-surfistas profissionais e especialistas em ondas grandes.

Os indicados deste ano são de vários países do mundo, do Brasil, Austrália, Estados Unidos, Havaí, Portugal e França. A maioria das ondas inscritas, é nos famosos picos de ondas grandes de Nazaré e Pe’ahi (também conhecido como “Jaws”) no Havaí. Mas, a lista deste ano também inclui ondas surfadas em Mavericks e em Half Moon Bay, na Califórnia, EUA, Teahupo’o no Taiti, Shipstern Bluff na Austrália, Himalaia na costa norte de Oahu e Outer Reef Kahului, Maui, ambos no Havaí.

Melhor Onda do Ano
O prêmio de Melhor Onda do Ano é concedido aos surfistas – homem e mulher – que demonstram o nível mais avançado e comprometido do surfe em ondas grandes, surfadas com sucesso, conforme julgado pelas imagens de vídeo disponíveis. Embora o tamanho bruto seja levado em consideração, em última análise, é o nível de desempenho que será recompensado.

Indicadas da categoria feminina:
● Justine Dupont em Teahupo’o, Taiti, em 13 de agosto de 2021
● Justine Dupont em Teahupo’o, Taiti, em 6 de outubro de 2021
● Annie Reickert em Outer Reef Kahului, Havaí, em 5 de dezembro de 2021
● Paige Alms em Jaws, Havaí, em 9 de janeiro de 2022
● Michelle des Bouillons em Nazaré, Portugal, em 10 de fevereiro de 2022

Indicados da categoria masculina:
● Billy Kemper em Jaws, Havaí, em 2 de novembro de 2021
● Francisco Porcella em Jaws, Havaí, em 2 de novembro de 2021
● Pedro Scooby em Nazaré, Portugal, em 13 de dezembro de 2021
● Lucas “Chumbo” Chianca em Nazaré, Portugal, em 25 de fevereiro de 2022
● Mikey Brennan em Shipstern Bluff, Australia, em 26 de março de 2022

Maior Onda de Tow-In
O prêmio de Maior Onda de Tow-In é para os surfistas – homem e mulher – que conseguiram pegar e surfar a maior onda do ano, utilizando o auxílio de jet-ski. Nesse ano, a modalidade de Tow-in apresenta indicações exclusivamente de Nazaré.

Na categoria feminina, tem duas ondas da brasileira Michelle des Bouillons, concorrendo com três da mundialmente famosa surfista de ondas grandes, Justine Dupont. A francesa está estabelecendo um novo patamar este ano, com indicações em cada uma das três categorias.

A categoria masculina inclui o campeão deste ano do TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pelos Jogos Santa Casa, Lucas “Chumbo” Chianca, juntamente com seu parceiro de equipe, Nic Von Rupp. Chumbo mostrou seu nível de conforto nas ondas pesadas de Nazaré e continua testando o limite do que é possível. Outro brasileiro de destaque nas ondas de Portugal é Pedro Scooby, que também se juntou a Von Rupp durante um dos primeiros grandes swells do ano, com ambos ganhando indicações para as ondas que surfaram.

Indicadas da categoria feminina:
● Michelle des Bouillons em Nazaré, Portugal, em 11 de dezembro 2021
● Michelle des Bouillons em Nazaré, Portugal, em 13 de dezembro de 2021
● Justine Dupont em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022
● Justine Dupont em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022
● Justine Dupont em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022

Indicados da categoria masculina:
● Lucas “Chumbo” Chianca em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022
● Pedro Scooby em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022
● Nic Von Rupp em Nazaré, Portugal, em 8 de janeiro de 2022
● João Macedo em Nazaré, Portugal, em 25 de fevereiro de 2022
● Mason Barnes at Nazaré, Portugal, em 26 de fevereiro de 2022

Maior Onda na Remada
O prêmio de Maior Onda na Remada vai para os surfistas – homem e mulher – que usaram o esforço próprio na remada, para dropar e surfar as maiores ondas do ano com sucesso.

Indicadas da categoria feminina:
● Paige Alms em Jaws, Havaí, em 2 de novembro de 2021
● Annie Reickert em Jaws, Havaí, em 2 de novembro de 2021
● Justine Dupont em Nazaré, Portugal, em 19 de novembro de 2021
● Katie Mae McConnell em Himalayas, Havaí, em 22 de janeiro de 2022
● Raquel Heckert em Himalayas, Havaí, em 22 de janeiro de 2022

Indicados da categoria masculina:
● Billy Kemper em Jaws, Havaí, em 2 de novembro de 2021
● Ben Andrews em Mavericks, California, em 11 de janeiro de 2022
● Lucas “Chumbo” Chianca em Nazaré, Portugal, em 12 de janeiro de 2022
● Pedro Calado em Nazaré, Portugal, em 12 de janeiro de 2022
● Jamie Mitchell em Nazaré, Portugal, em 9 de fevereiro de 2022

Os indicados deste ano incluem grandes nomes, como a duas vezes campeã mundial de ondas grandes da WSL, Paige Alms, e o quatro vezes campeão do Pe’ahi Challenge, Billy Kemper. Os havaianos marcaram sua autoridade em ondas grandes com vitórias anteriores no Big Wave Award e continuam surfando excelentes ondas em Jaws. A brasileira Raquel Heckert é outra surfista também conhecida em Jaws, que está mostrando seu talento com uma indicação por sua onda surfada em Himalaia, no North Shore da ilha de Oahu, no Havaí.

Os vencedores serão anunciados no site da World Surf League. Todas as ondas vencedoras do serão elegíveis para verificação do Recorde Mundial, se o júri determinar que elas desafiam os atuais Recordes Mundiais. As verificações do Recorde Mundial conquistado pelo alemão Sebastian Steudtner serão anunciadas no dia 1º de novembro de 2022.

Para assistir todas as ondas indicados para os três prêmios, acesse o WorldSurfLeague.com/redbullbigwaveawards.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias