25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Enquanto a indústria da surfwear segue em crise, uma surfista entra para a lista das mulheres mais ricas do EUA com marca de roupa

Enquanto a indústria de surfwear enfrenta tempos difíceis e desafios de adaptação em meio a um mercado em constante mudança, a história da surfista Paige Mycoskie e sua marca, Aviator Nation, tem sido um exemplo notável de sucesso.

Leia mais:

+ O que os surfistas podem e não podem exibir na Olimpíadas

+ Brasileiro surfa com cobra na Austrália e recebe multa

+ Surfland Brasil abre venda de sessões avulsas a surfistas de todo país

De maneira geral, a pandemia de covid-19 só agravou os problemas enfrentados pelas marcas de surf, levando a demissões, reduções salariais de atletas e incertezas financeiras. Não é de hoje que nomes icônicos como Quiksilver, Billabong, Rip Curl e Hurley passam por enormes dificuldades, levando inclusive a repetidas mudanças de mãos na esperança de recuperar os lucros.

Em contraste com esse cenário desafiador, a surfista e empreendedora visionária, Paige Mycoskie, de 42 anos, emergiu como uma das empresárias mais ricas dos Estados Unidos. Sua marca, Aviator Nation, pode não ser estritamente surfwear, mas incorpora elementos do estilo de vida do surf, especialmente a pegada mais hippie dos anos 70. Com estampas smiley em suas calças caras de moletom e listras de arco-íris em moletons de zíper, a marca de Mycoskie estourou entre adolescentes no TikTok bem na época em que o mundo se desesperava com a crise da pandemia.

A jornada de Mycoskie começou de forma inesperada, quando ela ganhou uma viagem para Los Angeles e se apaixonou pelo lifestyle de Venice Beach. Deixando a faculdade para trás, ela começou a trabalhar em uma loja de surf, onde sua paixão pelo esporte e pela moda cresceu. Essa paixão a levou a fundar a Aviator Nation, em 2007.

O que torna a história de Mycoskie ainda mais notável é sua abordagem prática para os negócios. Ela está 100% envolvida na criação de suas lojas e produtos, desenhando pessoalmente tudo, desde suas vitrines até suas calças de moletom de grife. Talvez essa presença tenha sido fator de sucesso para torná-la uma das mulheres mais ricas dos Estados Unidos, com fortuna avaliada em cerca de US$ 380 milhões, de acordo com a recém-divulgada classificação de 2023 da Forbes.

Enquanto as marcas de surfwear são de grandes conglomerados, Mycoskie é dona de 100% da sua empresa. Aliás, a Aviator Nation se saiu tão bem que a fundadora pagou a si mesma um dividendo de US$ 47,5 milhões em 2021. Este ano, ela está cerca de US$ 30 milhões mais rica, graças a um aumento nas receitas para US$ 130 milhões em 2022, acima dos US$ 110 milhões do ano anterior.

Além disso, ela está expandindo sua marca não apenas geograficamente, com lojas em Nova York e Nashville, mas também diversificando suas categorias de produtos, incluindo óculos de sol, calçados e bolsas.

Outro aspecto importante é que Mycoskie mantém a produção de seus produtos localmente na Califórnia, o que a ajudou a enfrentar desafios como a alta inflação e a queda nos gastos discricionários dos consumidores. A qualidade e a origem de seus produtos são fatores que a ajudam a diferenciar sua marca de possíveis imitações.

A marca da surfista Paige Mycoskie continua a prosperar e crescer a níveis estratosféricos. Será que valeria a pena ela dar uma consultoria para as marcas de surf?

+ Festival Rocky Spirit reúne 10 mil pessoas em final de semana de calor em São Paulo

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias