Nasa chama novo planeta de “TOI 700 d”; com água abundante, Sol e Lua pode ser habitável e está a 100 anos-luz de distância da Terra

Por Redação Interestelar

A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou na última segunda-feira (6/1) a descoberta de um planeta do tamanho da Terra, com possível existência de água, em área identificada como habitável.

Veja também: Lycra de Kelly Slater flutua na Estação Espacial

O planeta é chamado de “TOI 700 d” e está relativamente próximo da Terra, a 100 anos-luz de distância, informou agência espacial.

A revelação foi realizada pelo satélite Tess, “projetado e lançado especificamente para encontrar planetas do tamanho da Terra e a orbitar estrelas próximas”, explicou o diretor da Divisão de Astrofísica da Nasa, Paul Hertz.

Segundo documentos, outros planetas foram encontrados por outro antigo telescópio espacial, chamado Kepler. Contudo, essa é a primeiro retrato do Tess, lançado em 2018.

O Tess descobriu três planetas a orbitarem a estrela, denominados “TOI 700 b”, “c” e “d”. Somente o “d” está na chamada área habitável. É quase do tamanho da Terra (20% a mais), circula a estrela em 37 dias e recebe o correspondente a 86% da energia fornecida pelo Sol à Terra.

Os pesquisadores geraram modelos baseados no tamanho e tipo da estrela, a fim de prever a composição da atmosfera e a temperatura da superfície.

Uma das simulações da Nasa, indica um planeta coberto por oceanos, com “uma atmosfera densa dominada por dióxido de carbono, semelhante à aparência de Marte quando jovem, de acordo com as suposições dos cientistas”.

Em uma das faces do planeta, voltasse para a sua estrela, como é o caso da Lua com a Terra, um fenômeno chamado de rotação síncrona. Essa face estaria constantemente coberta de nuvens, de acordo com este modelo.

Vários astrônomos estão agora observando o planeta com outros instrumentos, tentando obter novos dados que possam corresponder a um dos modelos previstos pela Nasa.

Surfistas, e melhor ir preparando “as naves”, vai que tem onda nesse novo planeta “TOI 700 d”. Tá aí um bom nome para um modelo de prancha para algum shaper mais sagaz, uma prancha própria para aéreos.

Veja mais: Burle e Chumbo embarcam para swell de 40 pés em Nazaré