Sem informar gravidade ou local da lesão, Jordy Smith abandona o Hawaiian Pro, em Haleiwa, a menos de um mês da decisão do mundial em Pipeline

Por Redação HC

Atual número três do ranking da WSL e concorrente com chances ao título mundial de 2019, o sul-africano Jordy Smith abandonou o Hawaiian Pro, em Haleiwa, nesta quinta-feira.

Jordy estava inscrito para correr as duas etapas do QS que compõem, junto do Billabong Pipe Masters, a Tríplice Coroa Havaiana: o Hawaiian Pro e a Vans World Cup, em Sunset Beach.

Veja também:
Italo Ferreira concorre a “Atleta da Torcida” no Prêmio Brasil Olímpico
Praia de Itamambuca pode se tornar Reserva Mundial do Surf
Francesa surfa onda gigante que pode tirar recorde de Maya Gabeira – veja

Em Haleiwa, Jordy havia estreado com vitória e boa apresentação num dia de ondas grandes na volumosa direita.

Jordy SmithEle estava escalado para a quarta bateria da quarta rodada do torneio, contra seus compatriotas Dylan Lightfoot e Beyrick de Vries e o australiano Jack Freestone. Entretanto, a organização confirmou sua ausência minutos antes do início da bateria.

Ainda não se sabe, entretanto, qual foi a lesão sofrida por Jordy nem sua gravidade. Assim, não é possível afirmar se o ocorrido pode afetar sua participação no Pipe Masters, que irá decidir o campeão mundial de 2019.

O Pipe Masters acontece entre 8 e 20 de dezembro. Ao lado de Jordy Smith, disputam o título mundial os brasileiros Italo Ferreira, Gabriel Medina e Filipe Toledo e o californiano Kolohe Andino.

Veja também:
No limite: o resgate insano de Chumbo e Consenza em Nazaré
“Pertinho do Papai do Céu”: Pedro Scooby comenta acidente