Jadson André é o destaque com aéreos absurdos no QS 10 mil de Pantín, na Galícia. Ele e Miguel Pupo estão nas quartas de final da etapa

Por Redação HC

Uma maioria de brasileiros que havia começado o dia com chances de título no Abanca Galicia Classic Surf Pro, em Pantín, noroeste da Espanha, foi reduzida a apenas dois representantes: Jadson André e Miguel Pupo. Eles se garantiram entre os oito melhores ao eliminarem dois franceses, Timothee Bisso e Charly Martin.

Os dois veteranos brasileiros estão nas quartas de final do terceiro QS de 10 mil pontos do ano, sendo que Jadson foi o grande destaque do dia. O potiguar aproveitou as esquerdas de até um metro com forte vento de frente para descolar alguns dos aéreos mais espetaculares do ano em competições da WSL e fazer a maior soma do dia, acima dos 17 pontos. Dá uma olhada:

Jadson vem em ótima fase após uma campanha heróica no Tahiti Pro, etapa do CT que contou com as condições mais desafiadoras do ano na temida bancada de Teahupoo. O bom desempenho na Polinésia Francesa o deixa novamente em condições de se manter na elite mundial pelo próprio CT, mas, com as quartas de final na Espanha, Jadson está praticamente confirmado entre os Top 34 para o ano que vem. Ele deve sair do QS de Pantín com a liderança do circuito de classificação.

Miguel Pupo vem em uma curva diferente, e as quartas de final na Espanha já são seu melhor resultado no ano.

Jadson enfrenta o australiano Matt Banting na primeira bateria das quartas. Miguel surfa na última, contra o franco-mexicano Nomme Mignot.

Jessé Mendes, Samuel Pupo, Alex Ribeiro, Marcos Correa e Deivid Silva foram os brasileiros eliminados nessa sexta.

Alex Ribeiro surfou na primeira bateria do dia, junto com Marcos Correa. Marquinhos ficou na terceira posição, mas Alex venceu e se garantiu nas oitavas, onde foi eliminado pelo australiano Morgan Cibilic. De qualquer forma, os 3700 pontos da 9ª colocação incrementam consideravelmente sua soma no ranking do QS, deixando o surfista da Praia Grande (SP) em excelente posição para retornar ao CT.

O mesmo vale para Deivid. Entretanto, o local da Prainha Branca, no Guarujá, pode nem precisar da qualificação via QS, já que ele está atualmente entre os 22 surfistas do CT que permanecem na elite. No circuito de qualificação, ele é o sexto, e deve ganhar posições. em Pantín, Deivid perdeu para outro australiano relativamente desconhecido, Caleb Tancred.

Samuel Pupo chegou a fazer dobradinha com seu irmão ainda no começo do dia, pela quinta rodada, antes de ser eliminado nas oitavas pelo próximo rival de Miguel, Nomme Mignot.

Jessé foi eliminado por Banting, outro ex-top CT próximo de confirmar seu retorno à elite.

O Abanca Galícia Classic Surf Pro deve ser encerrado nesse sábado. Fique ligado!

Abanca Galícia Classic Surf Pro – quartas de final:

1. Jadson André x Matt Banting
2. Jake Marshall x Caleb Tancred
3. Matthew McGillivray x Morgan Cibilic
4. Miguel Pupo x Nomme Mignot

Veja também:
Equipe brasileira chega ao Japão para os ISA Games – sem Italo Ferreira
Gabriel Medina e Conner Coffin treinam no Surf Ranch; assista
Etapa do CT em piscina de ondas terá novo formato; entenda