Publicidade:

Italo Ferreira confirmado no Challenger Series de Ericeira

Nessa semana foi divulgada a lista de inscritos para o WSL Pro Ericeira, etapa portuguesa do Challenger Series, circuito que define as últimas vagas para o CT de 2022.

Entre as dezenas de surfistas da elite mundial que vão competir no evento está o campeão olímpico e mundial de 2019 Italo Ferreira.

Além dele, outros tops da elite mundial, já classificados para o CT do próximo ano confirmaram presença: Kanoa Igarashi, Frederico Morais, Leo Fioravanti, Deivid Silva e Jadson Andre são os nomes de peso confirmados na prova de Ribeira d’Ilhas.

Leia também:

+ Silvana Lima e Claudinha Gonçalves analisam o legado olímpico para o surf feminino

+ Instituto Gabriel Medina: surfista teria exigido saída da mãe

A eles juntam-se ainda o sul-africano Matthew McGillivray, os brasileiros Caio Ibelli, Peterson Crisanto e Alex Ribeiro, os australianos Owen Wright, Wade Carmichael e Connor O’Leary e ainda o francês Michel Bourez. Do lado feminino as inscritas são as australianas Keely Andrew, Nikki van Dijk e Macy Callaghan e a costarriquenha Brisa Hennessy.

A presença de Owen Wright na lista de inscritos também é uma novidade, uma vez que o medalha de bronze olímpica não se inscreveu na etapa de Huntington Beach, que está sendo realizada essa semana na Califórnia, sendo a primeira das quatro etapas das Challenger Series.

Depois de ser o grande nome a não conseguir a requalificação via CT, a não ida ao US Open of Surfing poderia levantar dúvidas sobre uma eventual retirada, mas a vinda à Ericeira desfaz essas dúvidas. Até porque cada surfista pode contar com um descarte no ranking final.

Tanto na prova masculina como na feminina existe ainda um wildcard, que para a prova masculina foi atribuído ao norte-americano Corsby Colapinto, tal como também aconteceu no US Open.

Entretanto, também já é conhecida a lista de inscritos para o Quiksilver Pro France, etapa que sucede à portuguesa, e os nomes são praticamente os mesmos na prova masculina – na feminina a lista ainda não foi divulgada. As poucas mudanças deparam-se com o fato de haver menos um top mundial em prova. Em relação à Ericeira saem Italo Ferreira e Deivid Silva e entra Yago Dora.

O Pro Ericeira tem um período de espera que vai de 2 a 10 de Outubro. Dias mais tarde, de 16 a 24 do mesmo mês, a luta pela qualificação segue para o sudoeste francês. A etapa final destas novas Challenger Series acontece entre novembro e dezembro em Haleiwa, no Havaí, onde serão definidos os 12 homens as 6 mulheres qualificados – ou requalificados – para o CT 2022.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias