Com nota excelente, Ian Gouveia vence segunda bateria e está nas oitavas no Hawaiian Pro, em Haleiwa. Tomas Hermes e Deivid Silva também avançam

Por Redação HC

Os principais cabeças de chave do Hawaiian Pro já começaram a entrar na água neste domingo (17), em Haleiwa, primeira das joias da Tríplice Coroa Havaiana. E três brasileiros já superaram esta rodada, garantindo-se nas oitavas de final: Ian Gouveia (foto de capa), Tomas Hermes e Deivid Silva.

Veja também:
Italo concorre ao prêmio de Atleta da Torcida no Brasil Olímpico
Baleia surpreende surfistas em cena incrível na Califórnia
Australianos inauguram piscina de ondas em Melbourne

Dentre eles, o destaque foi Ian, que conquistou uma nota excelente — 8,33 — com um ataque pesado de backside nas volumosas direitas. Ele venceu a sexta bateria da terceira rodada, à frente do atual top do CT Jack Freestone, do candidato a ingresso em 2020 Liam O’Brien e do já garantido Alex Ribeiro — estes últimos, em terceiro e quarto lugar, respectivamente, foram eliminados.

Acostumado às condições havaianas devido a inúmeras temporadas estendidas nas ilhas, Ian Gouveia chega precisando de dois bons resultados na Triple Crown, ou um mediano e um muito bom, para retornar à elite. E os primeiros sinais são positivos.

Tomas e Deivid passaram com a segunda posição em baterias apertadas, todas decididas por intervalos próximos de um ponto na soma das melhores ondas. Na bateria de Tominhas, o primeiro colocado foi Wade Carmichael; na de Deivid, o seu quase-xará sul-africano David Van Zyl.

O contingente sul-africano, por sinal, vem sendo um dos destaques da temporada no Litoral Norte de Oahu. Van Zyl foi o campeão do Vans Pro, QS de 3 mil pontos que rolou em Sunset antes do início da Tríplice Coroa. Para conquistar o troféu, ele precisou superar uma concorrência fortíssima de surfistas locais e condições grandes e difíceis na poderosa direita.

David se junta nas oitavas de final a outros três zaffas: Beyrick De Vries, Jordy Smith e Dylan Lightfoot.

A sequência da rodada, com as oito baterias restantes do round 3, traz ainda mais sete surfistas brasileiros.

Yago Dora, Caio Ibelli, Jadson André, Michael Rodrigues e Jessé Mendes fazem sua estreia em águas havaianas. Já Luel Felipe e Alejo Muniz vem de importantes vitórias no round dois, que já devem garantir algum subida no ranking — Luel está na 33ª posição, logo atrás de Ian e em situação muito parecida com a do pernambucano.

O campeonato deve voltar para a água na primeira chamada desta segunda (18), às 14h30. Fique ligado e acompanhe aqui.

Veja também:
Pedro Scooby comenta acidente em Nazaré: “pior perrengue da vida”
Conheça o brasileiro que desafia Nazaré gigante no peito e na raça