Publicidade:

Federação Russa de Surf reage à punição da ISA: “O esporte deveria unir”

No início dessa semana a ISA (International Surfing Association) emitiu nota oficial informando que proibiria a participação de atletas russos em todos os eventos chancelados pela entidade, incluindo as seletivas para os jogos olímpicos, por tempo indeterminado.

A proibição está de acordo com as recomendações feitas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como retaliação à Rússia pela guerra contra a Ucrânia.

Veja também:

+ Italo Ferreira e Samuel Pupo estreiam com vitórias no Pro Portugal

+ Hossegor clássico, grande e pesado enquanto Nazaré estava gigante

+ Casa desaba na praia de Rocky Point no North Shore

Na quinta-feira (03) a Federação Russa de Surf reagiu à punição imposta pela ISA e emitiu a seguinte nota em sua conta do Instagram:

“Hoje, a Federação Russa de Surf realizou uma reunião para discutir sua posição sobre as sanções a que todos os atletas russos caíram devido à atual situação política no mundo.

Seguindo o Comitê Olímpico Russo @olympic_russia e em apoio aos nossos talentosos atletas, queremos observar que o esporte não pode ser politizado; o esporte une, não discrimina e não pode atuar como ferramenta de manipulação; a exclusão de atletas russos de competições internacionais é ilegal e contrária aos princípios olímpicos.

Da nossa parte, enviaremos imediatamente a nossa candidatura à Federação Internacional de Surf (ISA) e à Federação Europeia de Surf para proteger os direitos dos nossos atletas de participar em competições internacionais e tomar todas as medidas possíveis para acabar com a discriminação”.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias