A praia de Marina Beach, uma das mais famosas da Índia, foi invadida por uma espuma tóxica extremamente prejudicial à saúde

Por Redação HC

Há quatro dias, moradores de Chennai, na Índia, observaram uma densa e mal-cheirosa espuma branca tomar conta da principal praia urbana da cidade, Marina Beach. Localizada no sudeste do país, o local sofre com a contaminação do mar devido ao crescente despejo de resíduos tóxicos. Ali, apenas 40% da água é tratada. O resto vai diretamente para o mar, afetando a economia local e a saúde dos indianos.

Veja mais:
– Tubarão “voa” em cima de surfista de 7 anos nos EUA; assista

Os pescadores ainda alertam a população, porém, muitos ainda insistem em entrar no mar, apesar do forte odor que exala ali. O Conselho de Luta contra a Poluição de Tamil Nadu informou que está analisando mostras da espuma, que ocupa vários quilômetros ao longo da costa.

Essa espuma é proveniente das chuvas que, nos meses de novembro e dezembro, assolam a região. A água que cai no mar vem contaminada por uma série de produtos químicos, a maioria deles de detergentes, que se misturam a outros rejeitos. Em 2017, por conta desse fenômeno pluvial, milhares de peixes morreram devido ao contato com a espuma tóxica.

Os pescadores já sentem o preço da poluição nos bolsos. Jeyaseelan, pescador de 30 anos, conta que suas vendas foram reduzidas a nada, já que a população pensa que os animais estão contaminados. O fato, porém, é contrastante, já que muitos continuam a entrar na água para se divertir. “Definitivamente não é bom que as pessoas entrem, mas não entendem os riscos”, afirmou Pravakar Mishra, cientista do Centro Nacional de Pesquisas Costeiras de Chennai, que registrou o aumento da espuma nos últimos anos.

Veja mais:
– Homens capturam e comem tubarão ameaçado de extinção e são detidos
– Cachalote é encontrada morta com mais de 100 quilos no estômago