Sophie Goldschmidt deixa o cargo e WSL anuncia antigo executivo de mídia, Erik Logan, como seu novo CEO, a partir já desta semana

Por Redação HC

A World Surf League anunciou na tarde desta terça (14) que a britânica Sophie Goldschmidt não ocupa mais o cargo de executiva chefe da entidade. O novo CEO da WSL, que assume o cargo já nesta semana, é o estadunidense Erik Logan.

Veja também:
Filipe Toledo anuncia Luiz “Pinga” Campos como seu novo manager

Segundo o comunicado emitido pela WSL, a saída de Goldschmidt aconteceu em um mútuo acordo com o grande dono do negócio, o bilionário Dirk Ziff. 

“Sophie teve um grande impacto na WSL. Ela é responsável por transformar tanto nossa capacidade de fazer negócios quanto nossa cultura durante sua gestão como CEO”, diz Dirk no press-release.

Apesar de deixar o cargo de CEO, Sophie Goldschmidt continuará na WSL. Ela agora fará parte de uma espécie de conselho consultivo da entidade.

“Com a tendência de convergência entre esportes, mídia e entretenimento, concordamos mutuamente que hora de fazer uma mudança. Erik Logan é um líder provado e um executivo de mídia de nível internacional com uma profunda conexão com o surf”, continua Dirk.

“O surf é poderoso. Como alguém que começou a fazer isso tarde na vida, eu entendo pessoalmente o impacto que o surf pode ter sobre pessoas, comunidades e sobre o mundo como um todo”, disse o novo CEO. “Poder liderar as melhores pessoas do mundo na WSL e combinar minhas paixões pessoais e profissionais é como um sonho que se torna realidade”, continua ele.

Logan entrou na WSL em 2019 como chefe de operações de mídia. Anteriormente, ele havia sido o presidente do estúdio da apresentadora Oprah Winfrey, um dos maiores sucessos da história da televisão dos Estados Unidos, entre outros trabalhos também na área.

Erik Logan, CEO da WSL (2020)

“Poder liderar as melhores pessoas do mundo na WSL e combinar minhas paixões pessoais e profissionais é como um sonho que se torna realidade” (divulgação)

Na WSL, ele foi o responsável por criar produtos audiovisuais como as séries Sound Waves e Transformed e o documentário sobre Kelly Slater, ainda em produção para a HBO. Ele também é conhecido por pegar onda de SUP e pelas postagens no Instagram com a hashtag #ELo, coisas que viraram motivo de piada e uma relativamente bem-humorada perseguição perpetrada pelo site Beach Grit.

Em seu novo cargo, Erik Logan supervisionará as atividades dos três núcleos da WSL: circuitos & competições, estúdio e WaveCo.

Veja também:
WSL anuncia calendário para 2020 e confirma inclusão de G-Land no CT