26 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024
26 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024

Dois ouros e bateria perfeita: Brasil tem dia histórico no Mundial de Surf Adaptado da ISA

Os brasileiros tiveram uma excelente atuação na última sexta-feira (10) no penúltimo dia do World Para Surfing Championship 2023, o Mundial de Surf Adaptado da ISA que rola em Huntington Beach, Califórnia (EUA).

Enquanto o guerreiro Roberto Pino cravou duas notas 10 em uma bateria histórica na semifinal, Felipe Kizu Lima e Dijackson Passos dos Santos garantiram a medalha de ouro em suas respectivas categorias.

Veja também
+ Italo Ferreira avisa Pedro Scooby que está chegando para droparem juntos Nazaré
+ Surfista de Bali morre em acidente rodoviário durante QS em Taiwan
+ Das piscinas para o mar: a trajetória de Mo Rahma, o 1º surfista profissional dos Emirados Árabes

Pelo segundo dia consecutivo, o recorde de maior pontuação em uma bateria na história do Mundial de Surf Adaptado da ISA foi quebrado. Desta vez, Roberto Pino cravou 20 pontos no somatório ao levar duas notas perfeitas dos juízes.

Campeão mundial de 2020, ele apostou nos tubos e nas manobras progressivas para garantir vaga na final da categoria Stand 1 Masculina, que acontecerá neste sábado (11).

Pino passa por dentro e garante vaga na grande final da Stand 1 Masculina com atuação impecável. Foto: ISA / Sean Evans.

Já Felipe Kizu Lima dominou as ações da categoria categoria Men’s Sit para conquistar sua sexta medalha de ouro em Mundiais da ISA, igualando o recorde que pertencia ao dinamarquês Bruno Hansen desde 2021.

“É ótimo estar aqui e contribuir para o crescimento do esporte”, disse Kizu. “Há muitos novos competidores chegando com força e estou adorando isso”, declarou o hexacampeão de 36 anos.

Felipe Kizu nos braços da galera em Huntington. Foto: ISA / Sean Evans.

Em seu primeiro Mundial de Surf Adaptado, Dijackson Passos dos Santos (BRA) conquistou a medalha de ouro, superando a concorrência de três finalistas experientes no evento. Dijackson arrancou 9.67 e 6.67 dos juízes para vencer a grande final da categoria Men’s Stand 3.

“Estou muito empolgado”, comemorou o brasileiro em depoimento à ISA. “Mal consigo falar. Para ser um campeão, você tem que entrar e performar. Você tem que ir atrás disso. Era isso que eu queria fazer”, declarou.

A competição continua neste sábado no Píer de Huntington Beach. A chamada acontece às 12 horas (de Brasília).

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA

Men’s Sit

Ouro – Felipe Kizu Lima (BRA)
Prata – Ethan Karier (EUA)
Bronze – Douglas Hendrix (AFR)
Cobre – Guillaume Colin (FRA)

Women’s Sit

Ouro – Alana Nichols (EUA)
Prata – Cass Eckroth (EUA)
Bronze – Lisa Franks (CAN)
Cobre – Meira Nelson (HAV)

Men’s Stand 3

Ouro – Dijackson Passos dos Santos (BRA)
Prata – Eric Dargent (FRA)
Bronze – Dariel Meléndez (COS)
Cobre – Naomichi Katsukura (JPO)

Women’s Stand 3

Ouro – Charlotte Banfield (ING)
Prata – María Martín-Granizo (ESP)
Bronze – Breezy Bochenek (EUA)
Cobre – Ursula Pueyo (ESP)

HIGHLIGHTS DO DIA 05:

 

Para mais informações acesse isasurf.org.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias