Publicidade:

5 momentos de total risco de vida em Nazaré

É verdade que o surf na Praia do Norte mudou os parâmetros mundiais do towin. Mas para lidar com o sucesso de quebrar recordes pessoais ou mundiais de maior onda surfada, é totalmente impossível não passar por nenhuma situação de risco de vida no canhão de Nazaré.

Veja também:

Quer cansar as pernas? Conheça os 7 picos com as ondas mais longas do mundo

5 momentos que o surf virou notícia mundial

Mulheres se tornam surfistas e iniciam revolução de liberdade no Sri Lanka

Neste post, preparamos uma lista com 5 acontecimentos totalmente aterrorizantes na perigosa maior onda do mundo:

CJ Macias em uma das piores vacas em Nazaré

O sábado de 8 de fevereiro de 2022 entrou para a história de Nazaré. Em meio a um dos maiores dias do big surf por lá, Lucas Chumbo conseguiu achar uma bomba que pode bater o recorde de maior onda surfada. No entanto, o pior momento de pânico desse swell gigantesco foi protagonizado pelo havaiano CJ Macias, cunhado de Garret Mcnamara. Nas imagens, podemos ver que, aparentemente, ele tinha a situação sob o controle, mas algo o fez perder o equilíbrio e cair no pior lugar possível. Os salva-vidas demoraram cerca de 5 minutos para encontrá-lo. E que a verdade seja dita: nessas condições, foi um milagre CJ Macias ter saído vivo do perrengue. Assista:

Maya Gabeira e a experiência de quase morte

O dia 28 de outubro de 2013 foi crucial para expor o perigo que é enfrentar uma onda gigante em Nazaré. Maya Gabeira caiu em uma onda de cerca de 20 pés e o impacto arrancou o seu colete salva-vidas. Por isso, ela foi empurrada para baixo e quebrou uma das suas pernas. Carlos Burle tentava fazer o resgate. Naquele dia, um volume de água com peso estimado em 144 toneladas caiu sobre a brasileira, isto é mais ou menos o peso de uma baleia azul.Quando a surfista foi resgatada, ela já estava inconsciente. Na praia, Burle conseguiu fazer os procedimentos de reanimação e Maya literalmente ressuscitou.

Alex Botelho quase morre afogado Nazaré Tow Surfing Challenge

No dia 11 de fevereiro de 2020, o big rider português Alex Botelho quase morreu afogado após passar um grande sufoco durante o Nazaré Tow Surfing Challenge, competição organizada pela WSL. O acidente aconteceu em uma onda que não era particularmente grande para os parâmetros de Nazaré. Mas Botelho caiu e acabou engolido pela avalanche d’água. Posteriormente, ele emergiu e foi resgatado por um jet-ski comandado pelo seu companheiro de equipe, Hugo Vau. Foi quando os problemas começaram. Na zona de impacto, eles e o jet foram lançados a cerca de 7 metros de altura. Botelho caiu no sled (prancha de resgate), batendo a cabeça e perfurando um pulmão. Inconsciente, ele imediatamente foi para debaixo d’água e acabou atingido por várias ondas durante cerca de seis minutos. Ninguém conseguiu chegar até ele de novo com um jet, mas o português foi arrastado para perto da costa e os salva-vidas conseguiram puxá-lo para a praia. Ele não estava respirando e não tinha pulsação, mas sobreviveu depois de um longo processo de recuperação. Dois anos depois, Botelho, que sofre de traumas até hoje, processou a WSL. Entenda mais sobre o processo aqui. E assista ao vídeo:

Kai Lenny cai, toma série e capta em vídeo

Kai Lenny é sem dúvida nenhuma um dos maiores watermans do planeta. E quando falamos em onda gigante, ele também se torna um dos nomes de maior potencial. Mas, nem sempre ele está livre do sufoco em Nazaré. Em 2020, o havaiano gravava sua sessão de surf com uma GoPro, quando tomou uma vaca sinistra. Depois, Kai ainda tomou toda a série na cabeça e demorou bastante tempo até que ele pudesse ser resgatado. O vídeo traz uma visão crua e mais próxima da realidade do que é passar um perrengue em um lugar tão mortífero como Nazaré. Assista:

Pedro Scooby chega perto do fim

Em 2019, Pedro Scooby sofreu um acidente em Nazaré e ficou desacordado por quase um minuto. Após cair em uma onda durante uma sessão na Praia do Norte, o surfista do Rio de Janeiro não conseguiu subir à superfície e tomou uma série de muitas ondas — nem ele nem as testemunhas souberam dizer exatamente quantas — na cabeça. Scooby chegou a vomitar e, posteriormente, descreveu o acidente como  “o pior perrengue da vida, disparado”. Para sair situação, o big rider foi resgatado pelo alemão radicado em Portugal Sebastian Steudtner — o quem, por sinal, ele agradeceu muito. Sebastian tinha equipamentos de primeiros socorros no carro, incluindo uma bomba de oxigênio e diversos cobertores, que garantiram que Scooby conseguisse se recuperar o mais brevemente possível. Veja:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias