Publicidade:

Quer cansar as pernas? Conheça os 7 picos com as ondas mais longas do mundo

Na comunidade do surf, muito se fala sobre ondas grandes. Jaws, Nazaré e Mavericks são alguns exemplos de ondas que chegam a tamanhos de prédios. No entanto, independentemente de tamanho, todo e qualquer surfista ama pegar ondas compridas. Daquelas que permitem incontáveis manobras e longos momentos deslizando na água do mar.

Veja também:

Esse foi o ‘maior tubo em anos’ de Jamie O’Brien

Mais um brasileiro disputa recorde mundial de maior onda

NASA divulga imagem da gigante onda de Nazaré vista do espaço

Aí a grande questão passa a ser que nem sempre é fácil encontrá-las. Geralmente, trata-se de ondas de pico, que quebram sempre iguais e absolutamente perfeitas.

Pensando nessa questão, listamos algumas das ondas que são conhecidas por cansar a perna do surfista de tão longas que são:

Chicama, Peru

Essa você já sabia, né? Chicama é conhecida por ser a onda mais longa do mundo. O pico fica localizado perto de uma pequena vila de pescadores no norte do Peru e para funcionar perfeitamente é preciso entrar uma ondulação de sul-sudoeste. A extensão da onda? Chicama tem aproximadamente 4 quilômetros de comprimento!

Foto: shutterstock

Skeleton Bay, Namíbia

Esse é um daqueles picos raros! Só quebra perfeitamente com uma junção de fatores, mas quando isso acontece, é realmente muita, mais muita qualidade. Skeleton fica na Namíbia, país que faz fronteira com a África do Sul, e é o tubo mais longo do mundo. E isso faz com que muitos sul-africanos viajem até lá quando as condições apontam para dias clássicos. Mesmo assim, tem que contar com a sorte, porque é realmente raro o swell encaixar muito bem por lá.

Foto: reprodução

Pavones, Costa Rica

A Costa Rica é banhada tanto pelo Oceano Pacífico, quanto pelo Oceano Atlântico e no litoral sul do país existe uma pequena cidade chamada Pavones. E lá está um point break incrível do lado Pacífico que funciona de sudoeste. O pico proporciona uma esquerda clássica muito longa com centenas de metros de comprimento.

Foto: Lorena Montenegro

Jeffrey’s Bay, África do Sul

Não é a toa que Jeffrey’s Bay está no calendário do circuito mundial de surf. Além de ser uma das direitas mais compridas, a onda é uma das melhores do mundo. Ali você pode treinar tudo: manobras, tubos e aéreos. No entanto, muitos profissionais comentam que para desenvolver uma leitura realmente apurada em J-Bay é preciso conhecer muito bem e treinar muito na onda. Ah! E o pico tem muito tubarão branco e, inclusive, Mick Fanning se deparou com um em na final da etapa em 2015.

Jeffreys Bay, 2019
Foto: reprodução

Raglan, Nova Zelândia

Sabe o famoso filme de surf Endless Summer? Foi exatamente nesse filme que o pico ficou conhecido. Depois da emblemática aparição nesse clássico do cinema de surf, Raglan logo passou a ser a cidade mais procurada por surfistas na Nova Zelândia. O pico que a tornou famosa é Manu Bay, que fica bem perto da cidade. Mas a onda fica longa mesmo quando, em dias épicos, conecta desde Indicators, pico mais distante, passa por Whale Bay e termina em Manu Bay.

Foto: screenshot youtube

Superbank, Austrália

Um dos picos mais conhecidos de surf do mundo e com a maior quantidade de surfista por metro quadrado. Mesmo assim, Coolagantta, no extremo sul da Gold Coast merece entrar na lista por sua extensão e qualidade de onda. Em raras condições, geralmente ocasionada por ciclones, é possível surfar de Snapper Rocks até Kirra. Quando isso acontece, estamos falando de uma onda de 1,5 quilômetros de comprimento. Sua perna aguentaria?

Foto: reprodução

Pororoca, Brasil

Você imaginou que nessa lista entraria a onda de um rio? Essa onda localizada no rio Amazonas rola duas vezes por ano, só quando as condições de maré se alinham perfeitamente. Quando isso acontece, falamos de uma onda perigosa e rápida que pode chegar a cerca de 3,5 metros de altura. Definitivamente, esse não é um pico pra qualquer surfista. No entanto, com técnica, equipamento e equipe de apoio é possível pegar a Pororoca e surfá-la por mais de 10 quilômetros! O recorde de onda mais longa já surfada por lá é de quase 40 minutos, com uma extensão de 12,5 quilômetros. Incrível, né?

Foto: screenshot youtube

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias