23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024
23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024

“Vamos seguir dominando”, diz Filipe Toledo sobre Brazilian Storm

“Vamos seguir dominando”, disse Filipe Toledo, 27 anos, sobre a Brazilian Storm, em entrevista recente.

Após nove anos na elite do surfe mundial, Filipe Toledo finalmente conseguiu seu primeiro título, após vencer o campeão mundial e olímpico Italo Ferreira nas WSL Finals em Trestles, na Califórnia, em setembro de 2022.

E o surfista de Ubatuba quer mais. Em entrevista recente ao Yahoo Esportes, Filipinho disse sobre outro sonho que são as Olimpíadas; Braziliam Storm e mais.

+ “Estar aqui hoje é uma vitória”, disse Filipe Toledo sobre luta contra depressão
+ “Esse formato é nada a ver”, diz Gabriel Medina sobre a WSL Finals
Filipe Toledo: “Muitas pessoas não fariam 5% daquilo que a gente faz”

Nós selecionamos os trechos que mais capturaram nossa atenção; confira abaixo.

“Eu já sabia que esse ano seria especial”

“Porque eu me sentia muito mais pronto, maduro e preparado para ir com tudo para conquistar o título mundial. Acho que foi um processo. Comecei a cuidar da minha saúde mental, foquei na minha preparação física e tive o melhor suporte possível durante todas as etapas do circuito, então eu só tinha que fazer o que sei fazer de melhor, surfar! Pretendo seguir a preparação que me fez campeão mundial de surfe. É seguir firme e manter alinhado o corpo com a minha mente. Estar nos Jogos Olímpicos é um grande objetivo, mas quero seguir cada passo de uma vez.”

O sonho olímpico

“Representar o Brasil em uma Olimpíada e ainda trazer uma medalha seria outro feito histórico para o esporte brasileiro. Mas vamos ver, tem muita caminhada até lá ainda. Nesse momento, quero surfar bateria por bateria e se tiver a oportunidade de estar em Paris, irei com o maior prazer e com muita vontade de vencer.”

“Vamos seguir dominando”

“O Brasil se tornou o país do surfe, está cheio de grandes surfistas! […] Vimos o Miguel Pupo fazendo a melhor temporada da sua carreira nesse ano, chegando muito próximo do finals. O Samuel fez uma final na sua primeira temporada na elite, e o Chumbinho quebrou tudo contra os surfistas mais ‘casca grossa’ da Tour. Eu não tenho dúvidas de que o surfe brasileiro está bem servido para os próximos anos. Vamos seguir dominando!”

Clique aqui e confira a entrevista na íntegra.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias