Publicidade:

Tubarão-fantasma recém-nascido é descoberto na Nova Zelândia

O Instituto Nacional de Pesquisa da Água e Atmosférica informou na última terça-feira (16), que cientistas da Nova Zelândia descobriram um tubarão-fantasma recém-nascido. A descoberta é muito rara e foi feita durante uma pesquisa recente. O animal foi localizado a uma profundidade de cerca de 1.200 metros em Chatham Rise, área do fundo do oceano a leste da Nova Zelândia.

Veja também:

Homem de 35 anos é morto por tubarão-branco em praia de Sydney

Uma das melhores sessões dos últimos tempos em Hossegor, na França (vídeo)

Gente das Águas é o novo podcast da Go Outside

Segundo o Shark Trust, científicamente, o tubarão-fantasma pertence a família quimera. Essa espécie está intimamente relacionada com tubarões e raias. Eles são peixes cartilaginosos e seus embriões crescem em cápsulas de ovos depositadas no fundo do mar.

“Você pode dizer que este tubarão-fantasma nasceu recentemente”, disse Brit Finucci, um dos cientistas que compõe a equipe que fez a descoberta. “É bastante surpreendente. A maioria dos tubarões-fantasma de águas profundas são espécimes adultos conhecidos; recém-nascidos são raramente relatados, então sabemos muito pouco sobre eles”, explicou.

De acordo com Brit, são necessários mais testes e análises genéticas para descobrir a espécie exata do tubarão-fantasma encontrado. Por ser novo, o animal se torna totalmente raro e também ajuda a ampliar o conhecimento científico sobre tubarões-fantasma juvenis.

“Os juvenis também parecem diferentes dos adultos, com padrões de cores distintos”, alertou Finucci. “Encontrar esse animal nos ajudará a entender melhor a biologia e a ecologia desse misterioso grupo de peixes de águas profundas”, completou.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias