26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024

The Eddie Aikau Big Wave Invitational anuncia período de espera

O mundo do big surf está animado com o anúncio recente feito na página oficial do The Eddie Aikau Big Wave Invitational no Instagram. Um dos eventos mais icônicos e desafiadores do surf mundial está prestes a retornar, caso as condições ideais se concretizem na baía de Waimea Bay, no North Shore da ilha havaiana de Oahu.

A organização do evento, conhecido por sua exigência em relação às condições do mar, divulgou que o período de espera para a competição abrangerá do dia 14 de dezembro de 2023 até 12 de março de 2024. A cerimônia de abertura está programada para emocionar os fãs no dia 8 de dezembro. No entanto, os surfistas convidados ainda são um segredo bem guardado e serão anunciados em breve.

+ Bill Sharp explica como funcionará o New Big Wave Challenge

Desde a primeira edição, ocorrida no inverno de 1985/86, apenas 10 edições deste desafio extremo foram realizadas, destacando a extrema exigência da organização em relação às condições das ondas. A última edição ocorreu em janeiro passado, quando o guarda-vidas local, Luke Shepardson, conquistou a vitória. Nessa mesma edição, a brasileira Andrea Moller fez história como a primeira mulher a surfar uma onda competitiva no “The Eddie”. Sua amiga Paige Alms foi a mulher melhor classificada, ficando em 31º lugar. Outro brasileiro na prova, Lucas Chumbo, terminou a disputa na nona colocação, sendo o surfista estrangeiro melhor colocado no Eddie Aikau Big Wave Invitational.

Nomes icônicos do surf como John John Florence, Greg Long, Kelly Slater, Bruce Irons, Ross Clarke-Jones e Clyde Aikau, irmão do lendário Eddie Aikau, já conquistaram a cobiçada vitória neste evento havaiano de grande prestígio. O Eddie Aikau Big Wave Invitational já teve o respaldo da World Surf League (WSL) e o patrocínio da Quiksilver em edições anteriores.

Vale lembrar que a realização da competição depende exclusivamente das condições ideais de surf na baía de Waimea. A organização só dará luz verde se as ondas atingirem impressionantes 20 pés havaianos, o equivalente a cerca de seis metros de altura. Quando essas condições épicas se concretizam, os organizadores seguem a máxima ‘Eddie Would Go’, honrando a coragem e bravura do lendário guarda-vidas e waterman havaiano Eddie Aikau.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias