Publicidade:


Publicidade:

Tatiana Weston-Webb nas quartas de final do Margaret River Pro

A brasileira Tatiana Weston-Webb apresentou potente backside nas diretas do Main Break no terceiro dia do Margaret River Pro, no dia 3 de maio, na Austrália, e avançou diante da norte-americana Sage Erickson na terceira bateria das oitavas de finais femininas sem muita dificuldade.

O mar perdeu bastante força no Oeste Australiano em comparação com o primeiro e o segundo dia e o evento teve início com ondas de até 1,5 metro de altura em séries demoradas.

Veja também: 
+ A polêmica etapa de Narrabeen na visão de Italo Ferreira
+ A espera de seu 4º transplante, surfista luta pela vida com positividade
+ Documentário aborda a coragem da big rider portuguesa Joana Andrade

A norte-americana abriu a bateria e a brasileira veio na direita de trás, mas as ambas as ondas não renderam. Tati ganhou prioridade após um entre séries mais demorado, pegou uma onda boa; colocou uma série de manobras somando 8.50 pontos.

Sem prioridade, Tati seguiu em bom ritmo durante o confronto, com foco em melhorar sua segunda nota e terminou por fechar a bateria com 13.27 e avançar para as oitavas de finais da quarta etapa do Circuito Mundial da WSL.

Sage chegou a precisar de 9.66 pra vencer e até diminuiu a diferença, mas acabou eliminada precisando de uma nota excelente (8.18).

Tatiana agora enfrenta a australiana Tyler Wright pela segunda bateria das quartas de final.

Confira mais detalhes em nossas próximas atualizações.

Para mais informações visite aqui o site da WSL.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Abertura do Rottnest Search 2021...

Depois de três eventos repletos de ação na Austrália, os melhores surfistas do mundo...

Ressaca em Copacabana! Onda rara...

A melhor época de ondas do Rio de Janeiro chegou com força e no...

Baleia Jubarte de 30 T...

As baleias Jubarte estão entre as maiores baleias que existem chegando aos 15 metros...

“Impossível organizar Jogos Olímpicos seguros,”...

Em uma mensagem ao governo, um sindicato de médicos do Japão diz que nesse...