26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024
26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024

Surf Doc explica a lesão de Jack Robinson

Fala, galera, Doc no outside! Na última etapa do WCT em Bells Beach ocorreu mais uma lesão entre os tops do surf no mundo. Jack Robinson publicou em suas redes que sofreu uma lesão no joelho e que não irá competir a próxima etapa em Margaret River.

O atleta sofreu a lesão ao tentar realizar um layback, manobra que exige bastante do joelho e do tornozelo para sua execução perfeita. Jack foi eliminado no terceiro round em Bells e perdeu a lycra amarela para o brasileiro João Chianca. Novamente uma lesão que se mostrou presente com forças de torção sobre os joelhos.

Os leitores da HARDCORE já estão se familiarizando com as lesões ortopédicas que ocorreram no tour esse ano. Diferente da lesão do Jadson André (lesão ligamentar), Jack Robinson alegou ter lesionado o menisco. Vamos entender um pouco sobre eles então:

O joelho é a maior articulação do corpo e a que está sob o maior estresse a maior parte do tempo. A disposição dos ossos nessa articulação forma como se fosse uma dobradiça, o que possibilita sua movimentação. A musculatura que cruza essa articulação fornece uma certa estabilidade para compensar o estresse biomecânico articular.

Além da musculatura, temos os ligamentos e os meniscos. Esses últimos são estruturas fibrocartilaginosas (ricas em colágeno) em formato de “C” que permitem uma distribuição mais uniforme da pressão exercida pelo fêmur sobre a tíbia.

Os meniscos têm a função de transmissão de força, absorção de choque, estabilização articular, nutrição da cartilagem e lubrificação articular. Eles possuem três zonas de acordo com sua vascularização: vermelho-vermelho, vermelho-branca e branca-branca. As lesões ocorrem de acordo com essas zonas e de acordo com a sua direção.

Surf Doc lesão Jack Robinson

Surf Doc lesão Jack Robinson

Dentro das diversas combinações de lesão, a depender da área afetada e o tipo de lesão, o tratamento muda. Lesões mais estáveis, que tendem a não progredirem, podem ser tratadas de maneira conservadora. Lesões mais instáveis podem ser cirúrgicas. Hoje estamos aptos a realizar meniscectomias parciais (tirar um pedaço do menisco), evitando com que a lesão progrida, ou então realizar a sutura da lesão (dar pontos), na tentativa que a lesão grude e cicatrize. Ambas realizadas atualmente por artroscopia (cirurgia por vídeo).

Surf Doc lesão Jack Robinson

Antigamente retirávamos os meniscos em qualquer tipo de lesão, porém, após alguns anos, foi verificado que a transmissão de carga pela área do joelho é muito maior e a articulação é sobrecarregada. Surge então a artrose do joelho.

Aparentemente, a lesão do Jack Robinson é estável e irão tentar recuperá-lo com tratamento fisioterápico. Como até então Jack era líder do circuito, realizar um procedimento cirúrgico nesse momento é praticamente abandonar o CT desse ano.

Vamos torcer para que o atleta se recupere bem e que continue dando show de surf nessa temporada. Iremos acompanhar de perto e traremos novas informações sobre Jack Robinson e Miguel Pupo (que ainda não irá retornar nessa etapa).

Aloha

Thiago Augusto Cosentine

Médico ortopedista, pós graduado em Medicina do Exercício e do Esporte.

@dr.thiagoacosentinewww.clinicacosentine.com / contato 11 99868-3456.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias