Publicidade:

Rottnest Search: sete brasileiros estreiam com vitória; Medina dá show

Teve início nesse sábado, 15/5, o Rottnest Search, quinta etapa do circuito mundial da WSL, última perna australiana, que aconteceu pela primeira vez em uma onda em Rottnest Island, ilha do Oeste da Austrália.

O dono da lycra amarela, o bicampeão mundial Gabriel Medina foi o destaque do dia após completar duas sequências de aéreos de frontside em uma mesma onda (assista abaixo), em uma combinação inédita feita pelo brasileiro em competições.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by WSL Brasil (@wslbrasil)

Pelo Brasil, Filipe Toledo, Adriano de Souza, Italo Ferreira, Deivid Silva, Miguel Pupo, Yago Dora e Alex Ribeiro também avançaram direto para a segunda rodada do Rottnest Search

Caio Ibelli, Peterson Crisanto e Jadson André passam pela repescagem, assim como a única representante brasileira no circuito mundial Tatiana Weston-Webb no feminino.

Na primeira bateria verde e amarela do dia, Filipe Toledo enfrentou os locais Ethan Ewing e Liam O’Brien, esse substituindo Kelly Slater. Em entrevista, Toledo chegou a confessar que não teve tempo de treinar na ilha ainda por conta da fadiga após a vitória no Margaret River Pro. Mas mesmo assim, ele dominou o confronto com duas esquerdas.

Na liderança do confronto do início ao fim, Filipinho abriu com nota 6,00. Faltando um minuto para o fim, o brasileiro combinou um floater com uma batida para trocar nota, 6,60, e somar 12,60. Paralelamente, Toledo viu os australianos disputarem pela segunda posição. No final, Ethan Ewing, que estava em terceiro, virou a mesa contra Liam O’Brien e avançou com somatório 6,70 contra 5,30 do australiano.

Na sequência, os campeões mundiais Italo Ferreira e Adriano de Souza duelaram juntamente com o veterano Taj Burrow, que entrou na vaga de convidado para substituir John John Florence, lesionado (que operou o joelho faz alguns dias).

As expectativas para o confrontos eram altas, mas, parece que faltaram ondas e o que aconteceu foi Adriano de Souza vencer o confronto com uma única onda, 6,50. Taj Burrow ficou todo o confronto praticamente sem surfar, e faltando um minuto, pegou uma onda inexpressiva para somar 0,70.

Italo Ferreira caiu em todas suas tentativas de aéreo, não entrou no ritmo, somou apenas 5,83 (3,83 + 2,00) para avançar em segundo e seguir direto para o round 2. Como Italo classificou-se em segundo da bateria, perde o status de cabeça de chave número 2 da etapa. Com isso, ele e Medina, caso avancem, necessariamente se cruzam antes da final.

No confronto contra os australianos Jack Freestone e Kael Walsh, Gabriel Medina embalou no decorrer da bateria e foi protagonista absoluto, vencendo com folga para seguir ao round 2. Gabriel pegou a melhor onda do campeonato (9,33) e obteve o maior somatório do evento (17,00).

Jack Freestone ficou em terceiro e foi para a repescagem; não conseguiu somar com duas ondas (5,96) e Kael Walsh terminou em segundo com 4,67 e 4,33.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by WSL Brasil (@wslbrasil)

Surf feminino: Tatiana Weston-Webb na repescagem

Em boa fase na temporada, embalada após sua vitória no Margaret River ProTatiana Weston-Webb teve trabalho na estreia. Com ondas fracas em sua bateria, ela acabou em terceiro lugar e segue para repescagem.

No ranking, a brasileira Tatiana Weston-Webb (26.495) está bem próxima da líder Carissa Moore (29.970).

Pela primeira vez

É a primeira vez que a pequena ilha Rottnest, localizada a 20 km de Perth e com apenas 22 km de extensão, recebe a elite do surf mundial.

Com ondas desconhecidas pelos tops mundiais, Rottnest promete ser uma das etapas mais imprevisíveis do ano.

A disputa acontece em Strickland Bay, uma bancada de coral que proporciona direitas e esquerdas.

Confira o resultado das baterias do Round 1  do Rottnest Search:

Masculino

1 – Griffin Colapinto (EUA) 5,60 x Owen Wright (AUS) 10,00 x Mikey Wright (AUS) 10,97
2 – Kanoa Igarashi (JPN) 12,77 x Jack Robinson (AUS) 11,20 x Jacob Willcox (AUS) 10,76
3 – Jordy Smith (AFS) 13,93 x Wade Carmichael (AUS) 9,40 x Stuart Kennedy (AUS) 8,13
4 – Filipe Toledo (BRA) 12,60 x Ethan Ewing (AUS) 6,70 x Liam O’Brien (AUS) 5,30
5 – Italo Ferreira (BRA) 5,83 x Adriano de Souza (BRA) 6,50 x Taj Burrow (AUS) 0,70
6 – Gabriel Medina (BRA) 17,00 x Jack Freestone (AUS) 5,96 x Kael Walsh (AUS) 9,00
7 – Ryan Callinan (AUS) 15,20 x Matthew McGillivray (AFS) 10,94 x Connor O’Leary (AUS) 15,03
8 – Conner Coffin (EUA) 13,43 x Peterson Crisanto (BRA) 11,50 x Alex Ribeiro (BRA) 13,57
9 – Frederico Morais (POR) 11,83 x Jadson Andre (BRA) 5,03 x Leonardo Fioravanti (ITA) 11,27
10 – Jeremy Flores (FRA) 12,53 x Seth Moniz (HAV) 13,66 x Miguel Pupo (BRA) 13,70
11 – Caio Ibelli (BRA) 11,57 x Yago Dora (BRA) 16,16 x Michel Bourez (FRA) 15,76
12 – Morgan Cibilic (AUS) 6,06 x Julian Wilson (AUS) 11,20 x Deivid Silva (BRA) 12,50

Feminino

1 – Stephanie Gilmore (AUS) 11,70 x Bronte Macaulay (AUS) 8,76 x Macy Callaghan (AUS) 13,00
2 – Tatiana Weston-Webb (BRA) 6,17 x Keely Andrew (AUS) 6,83 x Amuro Tsuzuki (JPN) 7,80
3 – Carissa Moore (HAV) 16,17 x Malia Manuel (HAV) 14,50 x Mia McCarthy (AUS) 6,64
4 – Caroline Marks (EUA) 13,04 x Courtney Conlogue (EUA) 14,63 x Brisa Hennessy (CRI) 12,93
5 – Sally Fitzgibbons (AUS) 14,07 x Isabella Nichols (AUS) 12,84 x Sage Erickson (EUA) 14,60
6 – Tyler Wright (AUS) 11,56 x Johanne Defay (FRA) 12,10 x Nikki Van Dijk (AUS) 9,16

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias