Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Pescadores matam baleia-minke afogada em Taiji, Japão



Infelizmente a história da baleia-minke mantida presa em uma rede por pescadores em Taiji, no Japão, termina da pior maneira.

As imagens feitas na última segunda-feira, 11/01, mostram os pescadores afogando a baleia-minke, presa em sua rede desde o dia 24 de dezembro.

+ Tubarão bom é tubarão morto? James B responde
+ Conheça a modelo e ativista Marisa Papen, que em defesa do meio ambiente já fui presa mais de uma vez

A baleia foi pendurada pela barbatana e ficou sem respirar por quase 20 minutos.

Apesar da atenção internacional, dos inúmeros telefonemas e e-mails às autoridades pedindo a soltura da baleia, e da intervenção do governador ou da prefeitura de Wakayama, os pescadores continuaram matando a baleia.

Assista o horror abaixo:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Dolphin Project (@dolphin_project)

A organização sem fins lucrativos Life Investigation Agency (LIA) documenta a caça desde setembro e filmou o momento em que a jovem baleia, apelidada de “Hope” (“Esperança”, na tradução livre) foi morta.

O vídeo angustiante mostra a baleia sendo conduzida entre dois barcos em “The Cove”.

Os pescadores amarraram uma corda em volta da cauda da baleia antes de prendê-la a um barco. A baleia foi içada de cabeça para baixo e mantida debaixo d’água por 20 minutos.

O vídeo completo e o relatório da Life Investigation Agency você acessa aqui.

“Eu testemunhei a agonia e minhas mãos tremiam,” contou o diretor da LIA, Ren Yabuki.

As caçadas de golfinhos em Taiji acontecem de 1º de setembro a 28 de fevereiro. Nove espécies podem ser mortas e capturadas.

O Sr. Yabuki explicou que as regras sobre a captura de baleias-minke são complicadas, pois elas são uma espécie que se enquadra na caça comercial de baleias.

No entanto, isso não torna o assassinato em Taiji ilegal, explicou ele.

“A matança de baleias-minke só pode ser feita por pessoas autorizadas e durante o período permitido. Porém, no caso de uma rede fixa, basicamente ela tem de ser solta. No entanto, o Japão retomou a caça comercial às baleias e, se as baleias-minke entrarem na rede, poderão capturá-las coletando amostras de DNA”, disse ele.

pescadores matam baleia-minke

Embora esta seja potencialmente a primeira vez que tal matança tenha sido documentada, esse não é um incidente isolado, já que os pescadores no Japão têm permissão para capturar baleias que podem nadar para dentro das redes.

A captura acidental é uma tremenda ameaça para golfinhos e baleias em todo o mundo; mesmo que eles não tenham como alvo a carne, o emaranhamento em equipamentos de pesca comercial tira a vida de incontáveis ​​mamíferos marinhos anualmente.

+Notícias

Top 10 do ranking brasileiro,...

Uma reportagem feita pela jornalista Patrícia Calderón denunciando a precariedade com que vive a...

Koa Rothman e John John...

As ondas estão massivas, anuncia Koa Rothman em seu novo vídeo no seu canal. "O...

Moana Jones conquistando seu espaço...

No início do mês publicamos a notícia do desentendimento da brasileira Tatiana Weston-Webb com...

VÍDEO: Honolua de gala

Continuam a sair os vídeos do super swell que chegou no Havaí no último...