Publicidade:

O mês de janeiro de Barron Mamiya no Havaí

Quando Kelly Slater superou Barron Mamiya nas oitavas de final do Billabong Pro Pipeline, a primeira coisa que ele fez foi cumprimentar o havaiano.

Ele sabia que Mamiya seria um páreo duríssimo (como de fato foi) por ser um dos havaianos que mais tem se destacado nas ondas do North Shore de Oahu.

Barron Mamiya tem um surf diferenciado, e uma linha que se encaixa perfeitamente ao power das ondas havaianas.

Rabeada em família na Austrália

Pipeline: entenda o que aconteceu na pior colisão dos últimos tempos

Como estava Sunset Beach enquanto rolava o Billabong Pro Pipeline?

Neste vídeo, editado pelo jovem cinegrafista Parker Davis, que vem registrando as sessões de Mamiya, uma amostra de como foi o mês de janeiro na vida do surfista, dentro da água.

Participam das imagens outras estrelas polinésias em ascensão, como taitiano Matahi Drollet.

Um dos melhores inícios de temporada no Havaí dos últimos anos intercalado por belas imagens e surf de primeira ao longo de 31 dias.

Vale a pena assistir. Aperta o play e confira:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias