Em sua segunda temporada no CT, Deivid Silva anuncia renovação de patrocínio com a construtora Nossolar, de Rodrigo Pacheco, por mais seis anos

Por Redação HC

Fora do Brasil o momento não é dos melhores para o surfista profissional que busca um patrocínio para seguir sua carreira — a tendência ganhou novas cores no final do ano passado, com a venda da Hurley pela Nike a um novo grupo sem relação com o surf, e o fim de acordos históricos com atletas como John John Florence.

Por aqui a situação não é muito melhor, mas há alguns anos uma empresa de fora do mercado tradicional vem se destacando no apoio ao surf profissional verde e amarelo. A construtora Nossolar, da Praia Grande, já conta com um numeroso time de surfistas, e anunciou a última boa nova nesta terça, com a renovação do contrato de patrocínio do top do CT Deivid Silva por mais seis anos.

“Muito feliz em anunciar minha renovação de contrato para os próximos 6 anos com a @construtoranossolar. Obrigado Rodrigo e toda família NOSSO LAR por apoiar nosso esporte acreditar no meu sonho junto comigo”

A empresa de Rodrigo Pacheco segue incrementando o seu aporte no surf de ponta brasileiro. Em 2019, foram anunciados patrocínios de bico para dois atletas do Qualifying Series, Miguel Pupo e Alex Ribeiro. Não por acaso, os dois fizeram excelente campanha e conseguiram a sonhada (re)classificação para o Championship Tour.

Com Deivid Silva, a construtora tem um contrato de apoio — o surfista da Praia Branca tem patrocínio principal da Pena, marca de surfwear nacional que segue apostando no esporte.

Deivid começa no final de março sua segunda temporada na elite mundial. No ano de estreia, ele alternou momentos bons e regulares e terminou um pouco abaixo da zona de permanência do próprio CT. Entretanto, ele garantiu a vaga com bons resultados no QS, incluindo uma vitória no cobiçado evento de 10 mil pontos de Ballito, na África do Sul.

O CT 2020 começa a partir do dia 26 de março, com o Corona Pro, na Gold Coast, Austrália.

Veja também: Espetacular: o melhor de Italo Ferreira com a WSL – VÍDEO