Em 2º no CT, atrás de Italo Ferreira, Gabriel Medina disputa prêmio de Melhor Atleta do Ano com Isaquias Queiroz (canoagem) e Arthur Nory (ginástica)

Por Redação HC

Gabriel Medina não é o melhor brasileiro no Championship Tour da WSL em 2019, até o momento, mas mesmo assim foi lembrado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) como melhor de sua modalidade, e agora é um dos três finalistas da disputa por Melhor Atleta do Ano no Brasil. Os outros dois são o canoísta Isaquias Queiroz e o ginasta Arthur Nory.

Isaquias foi medalhista nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, e venceu este mesmo prêmio em 2018. Arthur Nory ganhou recentemente a medalha de ouro no campeonato mundial de ginástica olímpica, disputado na Alemanha.

A lista foi divulgada na última sexta (1) pelo COB. Os vencedores serão anunciados na cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, no dia 10 de dezembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Entre as mulheres, as finalistas são Ana Marcela Cunha, da maratona aquática, Beatriz Ferreira, do boxe, e Nathalie Moellhausen, da esgrima.

Em seu texto de divulgação dos finalistas, o COB lembra dos outros dois brasileiros que disputam as duas vagas olímpicas para Tóquio 2020 ao lado de Gabriel Medina: Italo Ferreira, o atual líder do Circuito Mundial, e Filipe Toledo, 4º colocado.

Os três disputam o título mundial na última etapa do ano, o Billabong Pipe Masters, entre 8 e 20 de dezembro em Banzai Pipeline, litoral norte da ilha de Oahu, no Havaí.

veja também:
João Chianca é o novo Campeão Sul-Americano da WSL
Tubarão-martelo em risco de extinção é encontrado morto com 25 filhotes
Tatiana Weston-Webb faz testes no COB e fala da expectativa de medalha em Tóquio