Publicidade:


Publicidade:

Cannabis é 144 vezes mais segura que álcool, diz estudo

Um estudo feito em 2019 pela Universidade de Colorado-Boulder, nos Estados Unidos, concluiu que as bebidas alcoólicas prejudicam mais o cérebro do que a maconha.

Basicamente os pesquisadores notaram uma diminuição do volume cerebral entre pessoas que ingeriam cerveja, uísque e afins, mas não entre os usuários de cannabis.

Participaram da pesquisa mais de 850 adultos e 430 adolescentes, que relataram seus hábitos de consumo de álcool e maconha e fizeram exames de neuroimagem.

+ Felipe Cesarano perde patrocinador após acidente fatal de carro 

+ Galeria Pipe Masters 2021

+ Se você fuma, aqui vai uma lista de tudo o que você precisa saber sobre o coronavírus

A diminuição do volume cerebral sugere a perda de diversas capacidades cognitivas. Além disso, já foi associada a doenças que afligem o sistema nervoso central, de Alzheimer à depressão.

Ao site Medical News Today, Kent Hutchinson, coautor do estudo, disse que “a maconha tem efeitos negativos, mas que esses definitivamente não chegam perto das consequências negativas do álcool”.

Maconha 144 vezes mais segura que álcool, diz estudo

A maconha é quase 144 vezes menos mortal do que o álcool, segundo uma pesquisa publicada na revista científica “Scientific Reports”.

Um estudo divulgado na publicação científica “Scientific Reports“, subsidiária da revista “Nature”, mostra que a maconha é 114 menos letal do que o álcool.

A pesquisa procurou quantificar o risco de morte associado ao uso de várias substâncias tóxicas e descobriu que a maconha, proibida em tantos países e inclusive no Brasil, é
de longe a droga mais segura.

Em vez de focar na contagem de mortes, como em outras pesquisas, os autores do relatório compararam as doses letais de cada substância com a quantidade consumida por uma pessoa comum.

Os autores do estudo são os cientistas alemães Dirk W. Lachenmeier, de Karlsruhe, e Jürgen Rehm, de Dresden, mas atualmente diretor do Departamento de Pesquisa Epidemiológica e Social (SER) e do Centro de Dependência e Saúde Mental, em Toronto, no Canadá.

A pesquisa foi apoiada pela polícia do Colorado, o primeiro estado americano a legalizar a droga.

Autoridades de segurança estadual comunicaram recentemente que durante o primeiro ano sob a nova legislação tudo transcorreu normalmente e que o trabalho policial ficou praticamente inalterado.

Clique AQUI e assista a esse doc da revista Vice a respeito da legalização da Cannabis no Brasil.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Ucrânia torna-se o 109º país...

Banhada pelo Mar Negro e sem acesso a nenhum dos oceanos, a Ucrânia acaba...

Margaret River Pro: confira as...

Após a ação no Narrabeen Classic, a elite do surf mundial segue para o...

‘Lost Track Atlantic’, um filme...

Em 'Lost Track Atlantic' os australianos Ishka Folwell e Torren Martyn viajam desde o...

2 alimentos vilões da sua...

Quantas vezes você acordou no dia de ondas grandes, passou café, e foi para...