Publicidade:

Lucas Chumbo vence o Nazaré Tow Surfing Challenge

Lucas Chumbo foi o grande nome do Nazaré Tow Surfing Challenge, competição de surf nas ondas gigantes realizada nessa segunda-feira (13) na Praia do Norte, organizada pela WSL.

Em um dia marcado por condições limpas e perfeitas para a prática do tow-in, a ondas gigantescas, capazes de quebrar o recorde mundial de tamanho, não vieram, mas não faltou emoção em meio a tubos enormes e performances extraordinárias. Certamente o nível do surf de tow-in foi novamente extrapolado no dia de hoje.

Lucas Chumbo venceu a categoria individual após uma disputa brasileira contra a Pedro Scooby. Apesar de ter conseguido surfar a melhor onda do evento, com um tubo surreal de 9,50 pontos, Scooby, que fez dupla com o português Nic von Rupp, acabou por não conseguir superar chumbo na grande final.

Chumbo terminou com 23,34 pontos num total de 30, enquanto Scooby ficou com 22,90.

Veja também

+ Morando em Maui, Philippe Chagas mira o Challenger Series

+ Brasil encerra participação no Mundial de Surf Adaptado com 4 ouros

+ WSL divulga surfistas do Championship Tour 2022

Scooby, no entanto, foi premiado com o “Santa Casa Most Committed Surfer Award”, que distinguiu o surfista com mais atitude e comprometimento durante o campeonato.

Chumbo, que fez dupla com o havaiano Kai Lenny, foi premiado pela sua consistência. Além do tubo que lhe rendeu 8,17 pontos, o brasileiro conseguiu um bom backup, de 7 pontos, que fez a diferença nas contas finais. O top 3 individual foi fechado por Lenny, com um total de 19,07 pontos.

As pontuações somadas de Lucas Chumbo e Kai Lenny garantiram aos dois o título de melhor dupla do Nazaré Tow Surfing Challenge 2021.

Entre as mulheres, a vitória feminina ficou com a francesa Justine Dupont, que fez dupla com Pierre Rollet. Dupont, que passa grande parte do ano na Nazaré, confirmou ser o grande nome da atualidade nas ondas grandes. Somou 10,26 pontos, mesmo perdendo pontos preciosos por conta de uma interferência.

Mesmo assim, a francesa ficou à frente das brasileiras Maya Gabeira (9,31), atual recordista do Guinness para a maior onda surfada por uma mulher, e Michelle de Bouillons (9,21).

A prova ficou ainda marcada por alguns momentos de tensão, envolvendo acidentes com jet skis de resgate. Kai Lenny e Lucas Chumbo forram varridos por uma onda no inside, assim como Justine Dupont e Pierre Rollet também sofreram o mesmo tipo de susto. Felizmente, nada de grave aconteceu aos surfistas.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias