26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

LayBack Pro Prainha define as quartas de final masculinas no Rio de Janeiro

O LayBack Pro Prainha já definiu as quartas de final masculinas, na quinta-feira de praia cheia no feriado de Corpus Christi no Rio de Janeiro. O paulista Weslley Dantas comandou o show de aéreos nas boas ondas da Prainha, aumentando o seu recorde de nota para 9,17. O cearense Cauã Costa também voou alto para fazer o maior somatório do segundo dia, 16,00 pontos, com o paraibano Samuel Igo também vencendo as duas baterias que disputou. A quinta-feira começou pela categoria feminina e será assim também na sexta-feira, com as meninas disputando a segunda fase a partir das 8h00.

Leia mais:

+ Ricardo Toledo questiona Kelly Slater: “Subjetividade tem limites”

+ Kelly Slater: “Poderíamos ter esperado para não lançar o Surf Ranch em cima do título mundial de Adriano de Souza”

+ Surfe com golfinhos: 6 destinos para viver essa experiência

Depois da rodada inicial feminina, foram realizadas duas fases para definir as quartas de final masculinas do LayBack Pro Prainha apresentado por Corona. O recordista absoluto nas ondas da Prainha, Weslley Dantas, vai disputar a primeira bateria homem a homem do campeonato, com o também paulista Kaue Germano. Na segunda, o experiente carioca Leandro Bastos enfrenta o jovem catarinense Patrick Plachi. Depois, tem o paraibano Samuel Igo contra o catarinense Heitor Mueller e o cearense Cauã Costa contra o carioca Pedro Neves.

A primeira disputa pelas vagas nas quartas de final foi vencida por Weslley Dantas, que deu um verdadeiro show para a torcida que encheu a Prainha no feriado da quinta-feira. O surfista de Ubatuba apresentou o seu arsenal de aéreos, acertando até um difícil Superman na sua primeira bateria. Na segunda, completou um full rotation muito alto, que arrancou nota 9,17 dos juízes, novo recorde desta segunda edição do LayBack Pro Prainha na capital carioca.

Weslley Dantas comandou o show de aéreos nas ondas da Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

Antes de Weslley Dantas ganhar essa nota 9,17, o cearense Cauã Costa, que mora há muitos anos no Recreio dos Bandeirantes, bairro onde fica a Prainha, tinha igualado a nota 9,00 do paulista na quarta-feira, também com um aéreo full rotation incrível, muito alto e com grande amplitude. Cauã venceu essa sua primeira bateria da quinta-feira com o maior placar do dia, 16,00 pontos. Depois, ganhou a batalha pelas últimas vagas para as quartas de final, quando o mar já estava bem mais fraco de ondas no fim da tarde.

Cauã Costa ganhou nota 9 no seu melhor aéreo nas ondas da Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

VAGAS NO CHALLENGER – Com a classificação para as quartas de final do LayBack Pro Prainha, Cauã Costa já subiu da oitava para a quinta posição no ranking regional da WSL South America, entrando no grupo dos 7 que se classificam para o Challenger Series, o circuito de acesso para a elite do World Surf League Championship Tour. Heitor Mueller passou junto com ele na última bateria da quinta-feira e estava fechando o G-7. O catarinense agora é o quarto colocado, enquanto o argentino Nacho Gundesen saiu da lista.

Nenhum dos outros seis concorrentes ao título do LayBack Pro Prainha, têm chances matemáticas de entrar na lista dos sete primeiros nesta única etapa do World Surf League (WSL) Qualifying Series (QS) na capital do Rio de Janeiro. Weslley Dantas já faz parte do grupo do Challenger Series esse ano e o máximo que pode chegar com a vitória, é na 12.a posição. Seu adversário, Kaue Germano, pode alcançar o 13.o lugar, Patrick Plachi o 14.o e Samuel Igo o 15.o. Os cariocas Pedro Neves e Leandro Bastos estão mais abaixo do ranking.

Pedro já subiu da 78.a para a 34.o colocação e pode ganhar mais 10 posições se vencer o campeonato. Mas, Leandro não tinha participado de nenhuma etapa da temporada 2023/2024 da WSL South America e aparece em 66.o lugar com a passagem para as quartas de final, podendo chegar em 31.o no máximo. Leandro Bastos é local do Recreio dos Bandeirantes e já venceu uma etapa do QS na Praia do Arpoador em 2010. Ele vai enfrentar um surfista com a metade dos seus 38 anos de idade, Patrick Plachi.

Leandro Bastos é o mais experiente entre os oito finalistas do LayBack Pro 2023 (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

CATEGORIA FEMININA – Antes das duas fases que definiram as quartas de final masculinas, as meninas abriram a quinta-feira com as quatro baterias da primeira fase feminina do LayBack Pro Prainha apresentado por Corona. As duas melhores em cada, avançaram para enfrentar as oito cabeças de chave que vão estrear na segunda fase, já disputando classificação para as quartas de final. Esta batalha vai abrir a sexta-feira na paradisíaca e preservada Prainha.

A primeira bateria feminina foi internacional, com uma argentina, uma peruana e uma brasileira, disputando duas vagas para a segunda fase. A argentina Vera Jarisz defende a terceira posição na lista das três surfistas que se classificam para o Challenger Series 2024, pelo ranking regional da temporada 2023/2024 da WSL South America. Ela conseguiu um bom resultado no Saquarema Surf Festival e estreou com vitória no LayBack Pro Prainha, com a catarinense Yasmin Dias eliminando a jovem peruana Camila Sanday.

Argentina Vera Jarisz venceu a primeira bateria feminina do LayBack Pro 2023 (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

LOCAL DA PRAINHA – Na segunda bateria, o maior talento da capital do Rio de Janeiro, Julia Duarte, que mora no Recreio dos Bandeirantes e sempre surfa na Prainha, também confirmou o favoritismo no confronto brasileiro com Paloma Pardo, Sol Carrion e Laiz Costa. Enquanto Vera Jarisz foi para a bateria encabeçada pela campeã sul-americana, Sophia Medina, e a argentina Catalina Mercere, Julia Duarte vai enfrentar três catarinenses na segunda fase, Laura Raupp, Kiany Hyakutake e Yasmin Dias.

A carioca Julia Duarte competindo em casa no LayBack Pro Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

MAIOR NOTA – Na terceira bateria feminina do LayBack Pro Prainha, a campeã brasileira Larissa dos Santos ganhou a maior nota entre as meninas. Com o 7,00 recebido, ela derrotou duas surfistas do Rio de Janeiro, Mariana Areno e Kayane Reis. Larissa vai agora enfrentar outra cearense que mora no Recreio dos Bandeirantes como ela, Yanca Costa, cabeça de chave da terceira bateria junto com a catarinense Isabelle Nalu.

A cearense campeã brasileira, Larissa dos Santos, está morando perto da Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

Na quarta e última batalha por vagas para as quartas de final do LayBack Pro Prainha, vai estrear a líder do ranking 2023/2024 da WSL South America, a jovem catarinense Tainá Hinckel. A surfista da paradisíaca Guarda do Embaú, já venceu uma etapa esse ano em Saquarema, foi semifinalista na Prainha no ano passado e suas primeiras adversárias serão a paulista Naire Marquez e duas surfistas do Rio de Janeiro, Mariana Areno e Karol Ribeiro.

ATRAÇÕES EXTRAS – Com o feriado da quinta-feira, as atrações extras do LayBack Pro Prainha apresentado por Corona bombaram no segundo dia. O boulevard do “Local Market”, com 12 estandes de marcas locais de pranchas, skates, roupas e artesanato, apresentando e comercializando seus produtos, ficou cheio o dia todo, assim como a mini-ramp de skate também instalada no estacionamento da Prainha. Já as atividades de Jiu-Jitsu e Yoga, acontecem dentro do Parque Municipal Ecológico da Prainha.

Na quinta-feira, teve ativação de Boxe às 8h00 e Jiu-Jitsu com Rodrigo Kotai às 10h00 e às 14h00 com Thierry Reis. Na sexta-feira, a programação começa às 8h00 com aula funcional EPJJ com Junior Montenegro, às 10h00 tem Jiu-Jitsu com Sergio Bolão e as 14h00 com Marco Braga. No sábado, o dia começa com Superioga e Esporterapia às 8h00 com Daniel Farias, Jiu-Jitsu com Everaldo Penco e Junior Montenegro às 10h00 e as 14h00 com Mestre Honório. E no domingo, tem Yoga com Caroline Laure às 8h00 e Jiu-Jitsu com Sandro Marins as 14h00.

BATERIAS DA SEXTA-FEIRA NO LAYBACK PRO PRAINHA:

SEGUNDA FASE FEMININA – entrada das 8 cabeças de chave:
—–1.a e 2.a=Quartas de Final / 3.a=9.o lugar (350 pts) e 4.a=13.o lugar (295 pts)
1.a: Sophia Medina (BRA) e Catalina Mercere (ARG), Vera Jarisz (ARG), Paloma Pardo (BRA)
2.a: Laura Raupp (BRA) e Kiany Hyakutake (BRA), Yasmin Dias (BRA), Julia Duarte (BRA)
3.a: Isabelle Nalu (BRA) e Yanca Costa (BRA), Larissa dos Santos (BRA), Pamella Mel (BRA)
4.a: Tainá Hinckel (BRA) e Naire Marquez (BRA), Mariana Areno (BRA), Karol Ribeiro (BRA)

QUARTAS DE FINAL MASCULINAS – 5.o lugar com 500 pontos:
1.a: Weslley Dantas (BRA) x Kaue Germano (BRA)
2.a: Patrick Plachi (BRA) x Leandro Bastos (BRA)
3.a: Heitor Mueller (BRA) x Samuel Igo (BRA)
4.a: Cauã Costa (BRA) x Pedro Neves (BRA)

RESULTADOS DA QUINTA-FEIRA NA PRAINHA DO RIO DE JANEIRO:

PRIMEIRA FASE FEMININA – 3.a=17.o lugar (200 pts) e 4.a=21.o lugar (174 pts):
1.a: 1-Vera Jarisz (ARG), 2-Yasmin Dias (BRA), 3-Camila Sanday (PER)
2.a: 1-Julia Duarte (BRA), 2-Paloma Pardo (BRA), 3-Sol Carrion (BRA), 4-Laiz Costa (BRA)
3.a: 1-Larissa dos Santos (BRA), 2-Mariana Areno (BRA), 3-Kayane Reis (BRA)
4.a: 1-Karol Ribeiro (BRA), 2-Pamella Mel (BRA), 3-Luara Mandelli (BRA)

SEGUNDA FASE MASCULINA – 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts):
1.a: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Kaue Germano (BRA), 3-Eric Bahia (BRA), 4-Yan Sondahl (BRA)
2.a: 1-Patrick Plachi (BRA), 2-Leandro Bastos (BRA), 3-Janninfer de Sousa (BRA), 4-Vitor Ferreira (BRA)
3.a: 1-Anderson da Silva (BRA), 2-Daniel Adisaka (BRA), 3-Krystian Kymerson (BRA), 4-Mateus Sena (BRA)
4.a: 1-Rafael Teixeira (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Marcelo Trekinho (BRA), 4-Luã da Silveira (BRA)
5.a: 1-Pedro Neves (BRA), 2-Caio Costa (BRA), 3-Kailani Rennó (BRA), 4-Caio Vaz (BRA)
6.a: 1-Samuel Igo (BRA), 2-Lucas Ribas (BRA), 3-Luan Hanada (BRA), 4-Gustavo Henrique (BRA)
7.a: 1-Cauã Costa (BRA), 2-Cauã Gonçalves (BRA), 3-Derek Souza (BRA), 4-Arthur Maximo (BRA)
8.a: 1-Heitor Mueller (BRA), 2-Rickson Falcão (BRA), 3-Cauet Frazão (BRA), 4-Daniel Templar (BRA)

TERCEIRA FASE MASCULINA – 1.o e 2.o=Quartas de Final:
————3.o=9.o lugar (350 pontos) e 4.o=13.o lugar (295 pts)
1.a: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Patrick Plachi (BRA), 3-Wesley Leite (BRA), 4-Daniel Adisaka (BRA)
2.a: 1-Leandro Bastos (BRA), 2-Kaue Germano (BRA), 3-Anderson da Silva (BRA), 4-Rafael Teixeira (BRA),
3.a: 1-Samuel Igo (BRA), 2-Pedro Neves (BRA), 3-Rickson Falcão (BRA), 4-Cauã Gonçalves (BRA)
4.a: 1-Cauã Costa (BRA), 2-Heitor Mueller (BRA), 3-Caio Costa (BRA), 4-Lucas Ribas (BRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias