26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

LayBack Pro Prainha começa com boas ondas no Rio de Janeiro

O LayBack Pro Prainha começou com boas ondas de 3-5 pés na quarta-feira de sol e céu azul no Rio de Janeiro. No primeiro dia, foram realizadas as 16 baterias da rodada inicial masculina e o ubatubano Weslley Dantas se destacou com as marcas a serem batidas no campeonato, nota 9,00 e 16,17 pontos de somatório. Quem chegou mais perto desses recordes foi o cearense Cauã Costa, com nota 8,00 e 15,27 pontos de somatório. As atividades de Jiu-Jitsu, Yoga e Skate, também já foram iniciadas no primeiro dia e nesta quinta-feira começa a competição feminina, às 8h00.

Leia mais:

Slater dá vitória pra Ethan sobre Medina: “Foi justo. Vão ter erros em tudo o que é subjetivo”

+ Em longa, cineasta dá voz aos negros na comunidade do surfe

+ Descubra uma combinação imbatível para evitar cãibras musculares

Os recordes da segunda edição do LayBack Pro na capital do Rio de Janeiro, foram registrados logo na primeira bateria da quarta-feira, que amanheceu com altas ondas na Prainha. O paulista Weslley Dantas, um dos brasileiros classificados para disputar o Challenger Series esse ano, já começou forte com nota 7,17 na primeira onda que surfou. Depois, pegou outra muito boa para mandar um manobrão e voar em um aéreo full-rotation, que arrancou nota 9,00 dos juízes. Com ela, atingiu imbatíveis 16,17 pontos na vitória sobre Patrick Plachi e João Ferreira.

Weslley Dantas estreou com as marcas a serem batidas nas ondas da Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

E o show de surfe continuou durante toda a quarta-feira nas direitas e esquerdas da Prainha. Na segunda bateria, outro paulista, Eric Bahia, surfou muito bem duas ondas que valeram 7,27 e 7,23. Depois, Gustavo Henrique conseguiu um 7,73. Mas, quem chegou mais perto dos recordes de Weslley Dantas no LayBack Pro Prainha apresentado por Corona, foi o cearense Cauã Costa, que há muitos anos mora no Recreio dos Bandeirantes, bem perto da Prainha.

O bicampeão sul-americano Pro Junior da World Surf League, estreou na 14.a das 16 baterias da primeira fase e já detonou a primeira onda que pegou. Cauã Costa mostrou a potência do seu frontside numa direita da série, fazendo duas manobras muito fortes que abriram grandes leques de água. Ele largou na frente com nota 8,00 e repetiu a dose em outra onda muito boa, para somar 7,27 na vitória por 15,27 pontos, sobre o também cearense Cauet Frazão e o venezuelano Rene Enrique Ojeda Rivero, que foi eliminado da competição.

Cauã Costa voando alto nas direitas da Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

VAGAS NO G-7 – O LayBack Pro Prainha apresentado por Corona é a sexta etapa da temporada 2023/2024 da WSL South America, que vai classificar 7 homens e 3 mulheres para o Challenger Series do ano que vem, o circuito de acesso para a elite do World Surf League Championship Tour (CT). Cauã Costa chegou a tirar a sétima posição no ranking de Heitor Mueller, mas o catarinense se defendeu vencendo a última bateria do dia e subiu para o sexto lugar. O argentino Nacho Gundesen perdeu em sua estreia na Prainha e caiu para a sétima colocação.

Cauã Costa permaneceu em oitavo lugar, seguido pelo capixaba Rafael Teixeira e o potiguar Mateus Sena, que venceram as suas primeiras baterias no LayBack Pro Prainha e passaram a dividir a nona posição no ranking. O nono colocado era o saquaremense Valentin Neves, que não passou sua bateria e já caiu para o 11.o lugar. Muitos surfistas têm chances de entrar no G-7 e um deles é o carioca local da Prainha, Vitor Ferreira, que estreou com vitória na quarta-feira.

Vitor Ferreira compete em casa na Prainha e estreou com vitória na quarta-feira (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

RECORDISTA DE NOTA – Outra atração do surfe carioca na quarta-feira foi o Anderson da Silva, o Pikachu, revelado no projeto do Arpoador Surf Club e Favela Surf Club, que tira crianças da ociosidade para fazer carreira no esporte. Ele é da comunidade do Cantagalo e no ano passado foi o recordista de nota do LayBack Pro Prainha. Ninguém conseguiu superar o 9,50 que Anderson Pikachu recebeu na bateria que derrotou até o hoje número 2 do mundo, João Chianca, que avançou em segundo nessa e depois foi o campeão na Prainha.

Anderson da Silva, o Pikachu, ainda é o detentor do recorde de nota na Prainha (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

ESTREIA DAS MENINAS – Na quarta-feira, todos os 58 participantes do LayBack Pro Prainha apresentado por Corona já competiram nas 16 baterias da rodada inicial masculina. Os dois melhores em cada, avançaram para os oito confrontos da segunda fase. Nesta quinta-feira, o dia começa pelas quatro baterias da primeira fase feminina, com a argentina Vera Jarisz enfrentando a brasileira Yasmin Dias e a peruana Camila Sanday na primeira.

Nas outras três baterias, só tem surfistas do Brasil. A carioca Julia Duarte está na segunda com Sol Carrion, Laiz Costa e Paloma Pardo. Na terceira, entram Kayane Reis, Mariana Areno e uma campeã brasileira, Larissa dos Santos. E na quarta tem Karol Ribeiro, Luara Mandelli e Pamella Mel. As duas melhores em cada, avançam para enfrentar as oito cabeças de chave que vão estrear na segunda fase do LayBack Pro Prainha.

A campeã sul-americana Sophia Medina está na primeira bateria com a argentina Catalina Mercere. Na segunda, as cabeças de chave são Laura Raupp e Kiany Hyakutake, depois tem Isabelle Nalu e Yanca Costa na terceira e na quarta está a líder do ranking sul-americano de 2023/2024 da WSL South America, Tainá Hinckel, com Naire Marquez. Mas, essas oito surfistas não competem na quinta-feira, pois após a primeira fase feminina, será disputada a segunda rodada masculina com os 32 classificados no primeiro dia.

O palco do LayBack Pro Prainha apresentado por Corona no Rio de Janeiro (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

ATRAÇÕES EXTRAS – Além do show garantido dos surfistas na água, o LayBack Pro Prainha apresentado por Corona também promove várias atrações extras para o público. Na quarta-feira, já funcionou o “Local Market” com 12 estandes de marcas locais de pranchas, skates, roupas e artesanato, apresentando e comercializando seus produtos. Também no estacionamento da Prainha, está instalada a mini-ramp de skate, enquanto as atividades de Jiu-Jitsu e Yoga acontecem dentro do Parque Municipal Ecológico da Prainha.

Na quarta-feira, já teve Yoga do Coração com Alan Lucati e clínicas de Jiu-Jitsu com Pedro Sem e Guilherme Iunes. Na quinta-feira, vai ter uma ativação de Boxe às 8h00 com Mahalo F. Lifestyle, de Jiu-Jitsu com Rodrigo Kotai às 10h00 e às 14h00 com Thierry Reis. Na sexta-feira, a programação começa às 8h00 com aula funcional EPJJ com Junior Montenegro, às 10h00 tem Jiu-Jitsu com Sergio Bolão e as 14h00 com Marco Braga. No sábado, o dia começa com Superioga e Esporterapia às 8h00 com Daniel Farias, Jiu-Jitsu com Everaldo Penco e Junior Montenegro às 10h00 e as 14h00 com Mestre Honório. E no domingo, tem Yoga com Caroline Laure às 8h00 e Jiu-Jitsu com Sandro Marins as 14h00.

Os estandes do Local Market já foram funcionaram na quarta-feira (Crédito da Foto: Luiz Blanco / LayBack Pro)

BATERIAS DO LAYBACK PRO PRAINHA APRESENTADO POR CORONA:

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA NO RIO DE JANEIRO:

PRIMEIRA FASE – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=49.o lugar (60 pts):
1.a: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Patrick Plachi (BRA), 3-João Ferreira (BRA)
2.a: 1-Eric Bahia (BRA), 2-Janninfer de Sousa (BRA), 3-Filipe Ferreira (BRA)
3.a: 1-Vitor Ferreira (BRA), 2-Yan Sondahl (BRA), 3-Wallace Vasco (BRA)
4.a: 1-Leandro Bastos (BRA), 2-Kaue Germano (BRA), 3-Mathias Ramos (BRA), 4-Pedro Amorim (BRA)
5.a: 1-Krystian Kymerson (BRA), 2-Luã da Silveira (BRA), 3-Pedro Martins (BRA), 4-Lukas Camargo (BRA)
6.a: 1-Mateus Sena (BRA), 2-Marcelo Trekinho (BRA), 3-Luan Ferreyra (BRA), 4-Marcell Neves (BRA)
7.a: 1-Wesley Leite (BRA), 2-Daniel Adisaka (BRA), 3-Pablo Paulino (BRA), 4-Guilherme Ferreira (BRA)
8.a: 1-Rafael Teixeira (BRA), 2-Anderson da Silva (BRA), 3-Pedro Henrique (BRA)
9.a: 1-Kailani Rennó (BRA), 2-Lucas Ribas (BRA), 3-Nacho Gundesen (ARG)
10: 1-Pedro Neves (BRA), 2-Luan Hanada (BRA), 3-Gustavo Fernandes (BRA), 4-Pedro Rian Lima (BRA)
11: 1-Gustavo Henrique (BRA), 2-Caio Costa (BRA), 3-Igor Shibata (BRA)
12: 1-Samuel Igo (BRA), 2-Caio Vaz (BRA), 3-Felipe Oliveira (BRA), 4-Luis Henrique Araujo (BRA)
13: 1-Derek Souza (BRA), 2-Rickson Falcão (BRA), 3-Samuel Joquinha (BRA), 4-Valentin Neves (BRA)
14: 1-Cauã Costa (BRA), 2-Cauet Frazão (BRA), 3-Rene Enrique Ojeda Rivero (VEN)
15: 1-Daniel Templar (BRA), 2-Cauã Gonçalves (BRA), 3-Sunny Pires (BRA), 4-Yan Feder (BRA)
16: 1-Heitor Mueller (BRA), 2-Arthur Maximo (BRA), 3-Diego Brigido (BRA)

BATERIAS QUE VÃO ABRIR A QUINTA-FEIRA NA PRAINHA:

PRIMEIRA FASE FEMININA – 3.a=17.o lugar (200 pts) e 4.a=21.o lugar (174 pts):
1.a: Vera Jarisz (ARG), Yasmin Dias (BRA), Camila Sanday (PER)
2.a: Julia Duarte (BRA), Sol Carrion (BRA), Laiz Costa (BRA), Paloma Pardo (BRA)
3.a: Kayane Reis (BRA), Mariana Areno (BRA), Larissa dos Santos (BRA)
4.a: Karol Ribeiro (BRA), Luara Mandelli (BRA), Pamella Mel (BRA)

SEGUNDA FASE MASCULINA – 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts):
1.a: Weslley Dantas (BRA), Eric Bahia (BRA), Yan Sondahl (BRA), Kaue Germano (BRA)
2.a: Patrick Plachi (BRA), Janninfer de Sousa (BRA), Vitor Ferreira (BRA), Leandro Bastos (BRA)
3.a: Krystian Kymerson (BRA), Mateus Sena (BRA), Daniel Adisaka (BRA), Anderson da Silva (BRA)
4.a: Luã da Silveira (BRA), Marcelo Trekinho (BRA), Wesley Leite (BRA), Rafael Teixeira (BRA)
5.a: Kailani Rennó (BRA), Pedro Neves (BRA), Caio Costa (BRA), Caio Vaz (BRA)
6.a: Lucas Ribas (BRA), Luan Hanada (BRA), Gustavo Henrique (BRA), Samuel Igo (BRA)
7.a: Derek Souza (BRA), Cauã Costa (BRA), Cauã Gonçalves (BRA), Arthur Maximo (BRA)
8.a: Rickson Falcão (BRA), Cauet Frazão (BRA), Daniel Templar (BRA), Heitor Mueller (BRA)

SEGUNDA FASE FEMININA – entrada das 8 cabeças de chave:
——-3.a=9.o lugar (350 pts) e 4.a=13.o lugar (295 pts)
1.a: Sophia Medina (BRA) e Catalina Mercere (ARG)
2.a: Laura Raupp (BRA) e Kiany Hyakutake (BRA)
3.a: Isabelle Nalu (BRA) e Yanca Costa (BRA)
4.a: Tainá Hinckel (BRA) e Naire Marquez (BRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias