30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024
30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024

Kelly Slater quer se aposentar após Paris 2024

Aos 51 anos de idade, o onze vezes campeão mundial de surf, Kelly Slater, revelou que tem planos de se aposentar do circuito mundial após os jogos olímpicos de Paris 2024.

A revelação foi feita em entrevista ao jornal australiano The Guardian, onde pela primeira vez em sua carreira admitiu a possibilidade de se aposentar.

Slater disse que sonha em representar os EUA nas olimpíadas e conquistar uma medalha, para então encerrar a mais vitoriosa carreira da história do surf profissional mundial.

O surf nos jogos olímpicos de Paris 2024 será disputado em Teahupoo, na Polinésia Francesa, onda em que Kelly Slater ainda está entre os melhores do mundo e teria chances reais de medalha.

+ Surfistas profissionais se mobilizam para ajudar vítimas das chuvas do litoral norte de SP

+ Um balanço das finais do Hurley Pro Sunset Beach 2023

+ Iate de luxo encalha e ameaça poluir Honolua Bay

No entanto, para chegar ao Taiti, o onze vezes campeão mundial precisará garantir sua classificação competindo com surfistas com metade de sua idade e em ondas onde a superioridade de seu surf já não se faz presente.

Tenho uma grande esperança de conseguir me classificar para Paris 2024, mas até lá tenho de entrar na linha. O processo de qualificação é difícil, mas, conseguir, o local da prova (Teahupoo) encaixa muito bem com meu surf. Se conseguir lá chegar, penso que tenho uma grande chance de conquistar uma medalha”, disse Slater ao The Guardian.

O norte-americano disputa por uma das 10 vagas disponíveis no World Tour 2023. Os primeiros 10 surfistas do ranking mundial no final desta temporada garantirão a classificação para Paris 2024, sendo que cada nação apenas poderá qualificar um máximo de dois surfistas neste processo. Ou seja, entre norte-americanos e havaianos, Kelly só poderá ter um adversário à frente no ranking e ainda fazer parte dos 10 primeiros surfistas selecionáveis.

Difícil, porém não impossível. Participar dos jogos olímpicos de Paris e encerrar a carreira conquistando uma medalha seria um desfecho digno de uma carreira à altura de Kelly Slater. Os fãs do surf certamente torcem por isso.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias