26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

John John vence o Pipe Pro após final com o irmão

John John Florence conquistou a vitória do QS 1000 HIC Pipe Pro no último sábado (16).

Veja também:

Pipe Pro: de olho na temporada de 2022, John John Florence é destaque

Lucas Fink sobre surfar Nazaré de skimboard: “Coisa de maluco”

Com ondas para todos todos os gostos, Cornwall é o paraíso do surf na Grã-Bretanha

Em um mar de altas ondas com condições de seis a oito pés, o favorito ao título não decepcionou enquanto o surfista da nova geração, Barron Mamiya, ficou na posição de vice-campeão, seu irmão, Ivan Florence, em terceiro, bem como Kainehe Hunt em quarto.

Apesar de este ter sido um evento de status mínimo do circuito regional havaiano, as ondas foram de nível CT (Championship Tour). Além disso, o evento atraiu a presença de vários atuais e futuros surfistas da elite mundial, com destaque para John John que aproveitou para preparar a estreia no CT 2022 e mostrou que está novamente em grande forma.

Baterias de alto nível

Os irmãos Florence correram quatro baterias juntos no evento. Nas semifinais, ambos assumiram o destaque e eliminaram Kalani David e Eli Hanneman. John John tirou um excelente 8.60 e depois um 7.60. Já seu irmão mais novo, que precisava de um 2.74, colocou pra baixo em um diamante de Pipeline e saiu do tubo para a melhor pontuação da bateria, um 8.83.

“É tão incrível apenas ganhar este evento, especialmente depois de Haliewa também”, disse Florence. “Entrando neste evento, eu estava um pouco nervoso. Há muitos surfistas muito bons neste evento. Mas foi divertido voltar ao ritmo e competir aqui novamente e se preparar para o que está por vir nos próximos meses. Eu estava muito animado, foi uma ótima final. E ganhar assim é sempre muito divertido”, completou.

No outro lado da chave, a estrela em ascensão do Havaí, Barron Mamiya, venceu a semi, enquanto o novato Kainehe Hunt veio em um tubaço de Pipeline que também confirmou o jovem de 20 anos para a final. A dupla superou um Brodi Sale e MaiKai Burdine, de 16 anos. Com este resultado, Mamiya e Hunt garantiram o convite para uma Challenger Series na próxima temporada.

A onda do dia veio nas quartas, quando Ivan Florence ficou fundo em Pipe em uma das melhores ondas do dia e saiu depois da baforada com o irmão John John torcendo por ele. Os juízes não tinham como não dar uma nota perfeita (10) para o esforço.

“Provavelmente o surf mais divertido que já fiz em Pipeline em muito tempo, apenas com meu irmão lá fora”, disse Florence. “Estar lá contra ele é muito emocionante, eu adoro isso. É muito divertido. Só passar as baterias é tão sem graça, mas surfar Pipe sem ninguém lá fora, é inacreditável, é a melhor coisa que você pode fazer”, completa.

O favorito

Mas do início ao fim, eram os dias de John John. A sua superioridade foi inquestionável desde a primeira eliminatória, onde registrou um somatório quase perfeito de 18.83 e começou sua corrida impecável do dia final, até a última bateria. Florence não foi, se quer, a nenhuma eliminatória ao longo do evento.

Essa vitória marcou a décima vitória de John john em North Shore, superando o falecido campeão da WSL Andy Irons.

O atleta agora vai mirar em sua estreia no Championship Tour de 2022, que acontecerá justamente em Pipe no final de janeiro.

Depois de vencer em Haleiwa e agora em Pipe, John John chega como um dos favoritos para a primeira etapa do CT e também para mais um título mundial.

Para ver as melhores ondas de John John na final do HIC Pipe Pro aperte o play:

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias