Publicidade:


Publicidade:

Italo Ferreira e o aéreo contra Conner: completou ou não?

Em seu pós-bateria, Italo Ferreira vai até o armário dos competidores, coloca sua prancha no chão, hesita por alguns segundos, e pisa sobre a sua IF5 shapeada pela Silver Surf Surfboards em parceria com T.Patterson, partindo sua prancha ao meio.

A cena rodou o mundo e aconteceu logo após sua bateria contra Conner Coffin, realizada nesse domingo, 18/4, em North Narrabeen, Austrália, durante o Narrabeen Classic, a terceira etapa do Circuito Mundial de Surf da WSL.

Veja também: 
+ Em dia polêmico, Italo cai e Medina ganha a lycra amarela 
+ “Parei com carne vermelha e frango,” conta Medina
+ O que o CBD pode fazer pelo surfista?

Há menos de seis minutos para o término e no segundo lugar do confronto, Italo acelerou de backside e voou alto, com rotação completa; aterrissou na base, à frente da espuma, andou um pouco no “retoside” e depois foi engolido pela espuma.

O público na praia vibrou bastante, entre eles o australiano bicampeão mundial Tom Carroll, que era entrevistado no momento da manobra.

No entanto, para a surpresa de todos, inclusive a de Carroll, os juízes avaliaram a onda como “não concluída” e a média das notas gerou para Italo 1.77 pontos.

A avaliação surpreendeu também os comentaristas da WSL.

O australiano lendário Wayne ‘Rabbit’ Bartholomew, um dos precursores do surf profissional, disse ao vivo: “Para mim, ele completou. 1.77 foi uma pontuação bastante cruel”, disparou.

Apesar de não esconder a frustração com a nota, gesticulando aos juízes com as mãos, Italo não desistiu. Quando restava um minuto, o brasileiro pegou uma esquerda e executou uma forte batida de frontside seguida de um reverse na junção.

Mas o norte-americano veio na sequência mandando uma forte rasgada quando restavam apenas sete segundos para o término.

Os juízes demoraram a liberar as notas, mas Italo empatou no placar com 5.00 e foi para a liderança no desempate. Porém, Conner, que passou a precisar de 4.34, arrancou 5.80 na última onda e garantiu a vitória.

“Acho que dariam uma nota maior para o Italo nessa última pontuação”, disse o ex-surfista profissional Luke Egan. “Eu pensei em seis, talvez sete”.

Em um post em seu Instagram, Italo disse: “Isso desmotiva qualquer um, só que eu não! Eu ligo o foda-se e vou pra próxima. Obrigado pelo carinho”.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Italo Ferreira (@italoferreira)

Para assistir ao aéreo que causou polêmica, clica no player abaixo e vai até os 4’45 minutos:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Abertura do Rottnest Search 2021...

Depois de três eventos repletos de ação na Austrália, os melhores surfistas do mundo...

Ressaca em Copacabana! Onda rara...

A melhor época de ondas do Rio de Janeiro chegou com força e no...

Baleia Jubarte de 30 T...

As baleias Jubarte estão entre as maiores baleias que existem chegando aos 15 metros...

“Impossível organizar Jogos Olímpicos seguros,”...

Em uma mensagem ao governo, um sindicato de médicos do Japão diz que nesse...