Publicidade:

Gabriel Medina pode voltar ao CT na etapa de G-Land

Segundo reportagem o UOL Esporte, Gabriel Medina está planejando sua volta para o circuito mundial de surf ainda em 2022.

Atual campeão do mundo, Medina deverá voltar no meio do ano, após o corte do CT, na etapa de G-Land, na Indonésia

De acordo com o UOL, o surfista teria feito um acordo com a WSL antes mesmo de anunciar seu afastamento das primeiras etapas do ano.

G-Land será realizada entre 28 de maio e 6 de junho, é a sexta do Mundial, ou seja, a primeira da segunda metade do calendário de 2022.

Rabeada em família na Austrália

Pipeline: entenda o que aconteceu na pior colisão dos últimos tempos

Como estava Sunset Beach enquanto rolava o Billabong Pro Pipeline?

Dois convites serão distribuídos pela WSL na segunda metade do calendário (um específico para cada evento, e outro para todo o restante da temporada) – Gabriel, em tese, ficará com um destes.

Vale destacar que pelo novo sistema de pontuação criado pela entidade, os cinco primeiros colocados do ranking que chegarem ao WSL Finals, irão disputar o título praticamente em igualdade de condições.

Ou seja, se Medina, mesmo voltando ao Tour no meio do ano, chegar à etapa final do CT, terá, me tese, chances de brigar pelo tetracampeonato mundial.

No entanto, sem pontuar em Pipe, Sunset, Peniche, Bells Beach e Margaret River, chegar ao WSL Finals dependerá de uma somatória de fatores que envolvem não um desempenho irretocável de Medina nas etapas restantes, como também das colocações de seus concorrentes.

Impossível, não é. Mas certamente um desafio e tanto, mesmo para alguém com seu talento.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias