Publicidade:

Tetracampeão europeu de long bate a cabeça em pedra e fratura o pescoço em Safi Point

No final de fevereiro o tetra campeão europeu de longboard Edouard Delpero fraturou o pescoço depois de bater a cabeça em uma pedra durante um wipeout na onda tubular de Safi Point, no Marrocos.

Veja também:

Big rider Alex Botelho processa WSL depois de quase morrer afogado em Nazaré

Justine Dupont sobre Teahupo’o: “Todos têm medo”

Dicas valiosas de Nathan Florence sobre o que fazer em situações críticas do surf

O pico, que fica na Costa Oeste do Oceano Atlântico, é considerado o melhor e mais pesado tubo do país. No entanto, as ondas quebram numa perigosa bancada de pedras que já causou grave acidente também com o havaiano Billy Kemper em 2019.

Em entrevista divulgada no último sábado (19) pela revista francesa de surf, Surf Session, Eduard, que também surfa de pranchinha, contou os detalhes do acidente:

“No tubo vi a pedra começar a sair, tentei pular para atravessá-la mas fui atirado contra a pedra e bati com a cabeça em linha reta. Ao cair, estendi o braço para me proteger. O ombro foi o primeiro a sofrer impacto mas protegeu o meu rosto e a parte direita do meu crânio. Quando fui apanhado pela segunda onda bati com a nuca e ela fraturou instantaneamente. Senti um grande calor na cabeça, acreditei que era sangue e depois senti que estava desmaiando mas felizmente tive um momento de lucidez. Na manhã seguinte, fiz um raio-X e encontrei um neurocirurgião. Ele me disse que eu tinha uma fratura estável, então era melhor descansar no Marrocos”, disse ele.

O acidente abriu margem para a discussão a respeito do uso de capacete. Neste caso, o item não impediria a lesão, mas poderia amenizar o impacto e, portanto, o francês realçou que vai começar a usá-lo.

“O meu erro foi acima de tudo não ter paciência na escolha da onda. Disse a mim mesmo que ia ser tenso, que tinha de acelerar mas que ia passar. Quando estava no tubo, era tarde demais”, conta ele.

Agora, obviamente, o atleta vai ficar sem surfar e precisa de pelo menos 2 a 3 meses para se recuperar da lesão.

Em post no Instagram, Edouard Delpero informou sobre o acidente na legenda e mostrou fotos da fratura. O impacto foi violento e quase o deixou inconsciente, por isso, ele considerou que foi sorte não ter acontecido nada mais grave. Além disso, também agradeceu quem o tirou da água e todas as pessoas que ajudaram posteriormente.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias