Publicidade:

Benefícios do canabidiol podem ser positivos contra efeitos do álcool

Quais benefícios podem ser percebidos quando o canabidiol é misturado com o álcool do vinho tinto?

Anti-inflamatório, anti-ansiolítico e analgésico, são alguns dos efeitos do CBD, que agem em sinergia com o sistema endocanabinoide presente em nosso corpo.

Importante ressaltar que embora o CBD possa aliviar algumas das condições citadas, definitivamente os benefícios do canabinoide não são desculpa para abuso do álcool.

Confira:
+ Maconha é 144 vezes mais segura que álcool, segundo estudo
+ “Melhor decisão da minha vida,” diz Karen Jonz sobre uso do canabidiol
+ CBD para surfistas: alívio natural e poderoso aliado

Além do mais, mesmo que o canabinóide possa proteger o corpo até certo ponto dos efeitos negativos do álcool, ele também pode intensificar a experiência. Por isso, vale lembrar que nada em exagero é saudável ao corpo humano, principalmente o do álcool.

Quanto ao vinho tinto, pesquisadores afirmam que uma ou duas taças da bebida por dia, podem reduzir em até 20% o risco de doenças cardíacas. O motivo disso, seria por conta dos polifenóis: presentes nas cascas das uvas, eles podem aumentar os níveis de colesterol bom, o HDL, e diminuir os níveis de colesterol ruim, o LDL.

Outra grande vantagem dos polifenóis, é a de inibir a formação de placas de gordura no sangue e de trombos, que são responsáveis por infartos e AVCs (Acidente Vascular Cerebral). Portanto, o consumo moderado de vinho tinto, por exemplo, também pode diminuir a pressão arterial e aumentar a capacidade de dilatação dos vasos sanguíneos.

Vale ressaltar que qualquer produto ou medicamento à base de cannabis precisa ser prescrito por um profissional da saúde habilitado; e a ingestão de bebida alcoólica, em exagero, pode causar graves problemas ao corpo humano, como aumento do risco de câncer, pressão alta, doenças cardíacas, cirrose, gastrite, hepatite alcoólica e muitos outros.

Mas, voltando à pergunta inicial desse texto: quais benefícios podem ser percebidos quando canabinoides são misturados com vinho tinto?

“O canabidiol protege o fígado da esteatose induzida pelo álcool por mecanismos que incluem a inibição do estresse oxidativo e o aumento da autofagia,” é o que lemos na primeira linha da pesquisa científica publicada na National Library Of Medicine.

Mais pesquisas ainda precisem ser feitas sobre o canabidiol e seus efeitos, mas o que os cientistas descobriram, foi o que o canabinoide parece aliviar os efeitos colaterais negativos do álcool quando os dois são combinados. Confira mais detalhes abaixo:

Diminuição dos níveis de álcool no sangue

Um estudo psicofarmacológico administrou diferentes combinações de CBD, placebo, bebidas alcoólicas e não alcoólicas em 10 voluntários. Os resultados mostraram que aqueles que receberam a mistura de CBD e álcool apresentaram níveis de álcool no sangue mais baixos do que qualquer outro participante.

Proteção do fígado dos danos causados ​​pelo álcool

Estudos feitos em animais mostraram que o CBD parece reduzir significativamente o estresse do álcool no fígado, sendo este um dos aspectos mais prejudiciais do álcool. Mesmo sem a substância alcoólica na mistura, o canabidiol já é reconhecido há muito tempo pela capacidade de proteger o fígado, sendo útil para o metabolismo, a digestão e a saúde geral do corpo.

Protege as células dos danos causados ​​pelo álcool

O consumo excessivo de álcool pode danificar as células do corpo humano e torná-lo mais propenso a certos tipos de câncer, doença hepática ou pancreatite. No entanto, estudos em animais revelaram que o CBD pode proteger as células contra danos induzidos pelo álcool. De qualquer forma, esta é uma ótima função do canabinóide, mesmo que o álcool não esteja presente, quando se trata de otimizar a saúde e o bem-estar do ser humano.

Alivia os sintomas da abstinência 

Tremores, sudorese excessiva, agitação, perda de apetite, náusea e ansiedade são alguns dos sintomas da abstinência. O canabidiol, como já se sabe, é usado para combater muitos desses sintomas, especialmente náusea e ansiedade. Além disso, um estudo de 2013 descobriu que o CBD reduziu o uso de cigarros naqueles que tentavam parar de fumar. Isso sugere que o canabinóide também pode ser eficaz para conter outros vícios, além do alcoolismo.

Texto com informações do www.sechat.com.br

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias