26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024

Ainda vale a pena surfar em Malibu?

Malibu é um dos picos mais emblemáticos do surf moderno e tem um papel decisivo na popularização do esporte após sua “descoberta” no Havaí, no início do século XX.

Foi em Malibu que a cena californiana nasceu e o pico serviu de inspiração para produção de centenas de filmes e documentários sobre surf.

A longa e perfeita direita californiana serviu de cenário para a série “Gidget”, que estreou na TV estadunidense em 1965.

A série, que narrava as aventuras de uma jovem aspirante a surfista de Malibu, fez com que o surf (e Malibu) explodissem em popularidade.

Veja também:
Pelo pioneirismo, Santos recebe evento mundial de cultura oceânica
+ “Embaixadores da Costa” irão organizar o crowd em Biarritz
Gabriel Medina conta sobre seu novo negócio, Kauai Ventures

Claro que tamanha exposição cobraria um preço e há muitos anos Malibu deixou de ser uma onda frequentada por um grupo de amigos.

Hoje, o pico é um dos mais crowdeados do mundo e a característica de suas ondas, perfeitas e bastante “amigáveis”, atraem surfistas dos mais variados perfis, incluindo celebridades hollywoodianas.

Tudo isso traz um número de pessoas cada vez maior no lineup e hoje em dia é praticamente impossível surfar uma onda sozinho em Malibu.

E quando o mar está bom, a disputa pelas ondas pode ser bem perigosa, com choques entre pranchas e até brigas.

Sendo assim, o cinegrafista Brad Jacob publicou um vídeo onde reproduz esses momentos enquanto analisa esta situação e questiona: ainda vale a pena surfar em Malibu? Assista:

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias