Antonio Valverde é um carioca de apenas 19 e expoente de uma promissora geração de filmmakers do país. Muito bem acompanhando na última temporada havaiana por nomes experientes como Henrique Pinguim e outros da mesma geração, como o fotógrafo Igor Hossman, Valverde dedicou-se, entre outras coisas, a registrar grandes momentos do bicampeão mundial John John Florence.

Com o inverno brasileiro já batendo à porta, o edit My name is John chega com o peso das ondulações do Pacífico para nos lembrar por que as ilhas são um lugar especial e por que o protagonista do filme, independentemente de rankings e resultados, é um ser humano diferente dos outros em cima da prancha.

VEJA TAMBÉM: Um filme sobre conquistas, vícios, transtornos: assista ao trailer de Andy Irons: Kissed by God