Publicidade:

WSL divulga calendário do Challenger Series

A World Surf League (WSL) divulgou hoje o calendário oficial do Challenger Series, a divisão de acesso intermediária criada para surfistas que buscam uma vaga no sonhado Championship Tour-CT.

Classificam-se para o Challenger Series os melhores colocados nas competições do Qualifying Series, que agora é disputado por regiões. Esses surfistas terão agora a “peneira final” para alcançarem uma vaga junto à elite do surf mundial classificando-se para o Championship Tour – CT.

Veja também:

+ Quem já está classificado para o Challenger Series?
+ Italo Ferreira fala sobre sua estreia nas Olimpíadas
+ Guia Olimpíadas: Tudo sobre o surf

O Challenger Series incluirá quatro paradas nesta temporada condensada com eventos na Califórnia, Portugal, França e Havaí.

“Estes quatro eventos não irão apenas fornecer uma vitrine para os surfistas emergentes, mas também permitirão àqueles que não conseguirem se requalificar através do CT a oportunidade de um bom desempenho e se requalificarem para o 2022 Championship Tour”, esclarece o CEO da WSL, Erik Logan.

O Challenger Series começará com o US Open of Surfing, de 20 a 26 de setembro, em Huntington Beach, Califórnia (EUA).

Em seguida, os surfistas embarcam para a Europa, para disputar o MEO Pro Ericeira, agendado para 2 a 10 de outubro em Portugal, seguido pelo Quiksilver e ROXY Pro France, de 16 a 24 de outubro no Sudoeste da França. A temporada termina no Havaí, com o Haleiwa Challenger, de 25 de novembro a 7 de dezembro.

O calendário da série 2021 Challenger será executado da seguinte forma *:

  • US Open of Surf: Huntington Beach, Califórnia, EUA, 20 a 26 de setembro de 2021;
  • MEO Pro Ericeira: Ericeira, Portugal, 2 a 10 de outubro de 2021;
  • Quiksilver / ROXY Pro França: Capbreton / Hossegor / Seignosse, Landes, França, 16 a 24 de outubro de 2021;
  • Haleiwa Challenger: Haleiwa, Havaí, EUA, 25 de novembro a 7 de dezembro de 2021.

*Todas as paradas e datas da excursão estão sujeitas a alterações devido às restrições aplicáveis ​​relacionadas ao COVID-19, incluindo restrições globais de viagens.

O circuito Challenger Series incluirá 96 homens e 64 mulheres, compostos por 34 homens e 17 mulheres do CT, 58 homens e 44 mulheres alocados pelas regiões da WSL, dois wildcards masculinos e femininos do World Junior, e dois wildcards masculinos e um feminino.

Nesta temporada, os atletas serão capazes de acumular pontos de seu melhor evento Qualifying Series em 2020. O ranking do 2021 Challenger Series será composto pelos três melhores resultados de um surfista em cinco eventos, os quatro eventos de 2021 e um evento de 2020.


Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias