26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

WSL Brasil aumenta presença nas redes sociais

Segundo nota enviada à imprensa, a WSL Brasil apresentou um crescimento robusto nas redes sociais ao longo de 2022, refletindo a popularização do esporte junto à torcida brasileira.

A liga tem cinco plataformas de redes sociais em português (Instagram, Twitter, YouTube, TikTok e Facebook), todas são geridas pela agência de marketing esportivo Effect Sport. No total, segundo informa a Effect Sport, foram mais de 200 mil novos seguidores ao longo da temporada 2022 e uma série de destaques, como a nova configuração editorial.

+ ISA lança política para surfistas transgêneros

+ 12 minutos imperdíveis de Yago Dora. Solta o vídeo

+ “Não vai curar tão rápido”, diz Italo Ferreira sobre lesão

Cobertura in loco de diversas etapas pelo mundo e conteúdos exclusivos resultaram em um salto de número de fãs nas redes sociais, com destaque para o crescimento do perfil da WSL Brasil no Twitter: um salto de 113% em comparação ao registrado no passado. Entre os conteúdos de destaque, a série com os perfis dos surfistas brasileiros e a entrevista exclusiva com Kelly Slater tiveram excelente alcance entre os fãs.

Estamos muito animados com os resultados que estamos obtendo, em especial com o feedback positivo dos fãs em nossas páginas”, comentou o CEO da WSL Latam, Ivan Martinho.

Alcançamos ótimos números ao longo da temporada 2022, e isso é muito bom para mensurarmos o primeiro ano de trabalho da Effect Sport para a WSL Brasil. Tivemos grande destaque com conteúdos exclusivos, alguns com produção para a WSL global, e o feedback do público incrível, forte adesão ao que propomos como linha editorial dos conteúdos”, comemora o head de conteúdo da agência, Marcelo Paiva.

O momento do Brasil no circuito mundial de surf é histórico. Dos últimos oito títulos mundiais em disputa, seis foram conquistados por brasileiros. Gabriel Medina ergueu o troféu três vezes (2014, 2018 e 2021), enquanto Adriano de Souza (2015), Ítalo Ferreira (2019) e Filipe Toledo (2022) alcançaram o topo do ranking uma vez cada.

Números da WSL Brasil nas redes sociais:

– Instagram (@wslbrasil): 450 mil seguidores

– TikTok (@wslbrasil): 252 mil seguidores / 3,2 milhões de curtidas

– Facebook (/wslbrasil): 253 mil seguidores

– Twitter (@wslbrasil): 49 mil seguidores

– YouTube (/wslbrasil): 30 mil inscritos

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias