26 C
Papeete
segunda-feira, 27 maio, 2024
26 C
Papeete
segunda-feira, 27 maio, 2024

WSL anuncia competição em piscina de ondas na Ásia

A World Surf League (WSL) está apostando na inclusão de ondas artificiais em competições de circuitos da divisão de acesso. Após realizar eventos bem-sucedidos na Austrália, e, mais recentemente, pela Praia da Grama, no Brasil, a Liga agora fará sua primeira competição nesse estilo no continente asiático com uma etapa do QS confirmada para a Coréia do Sul.

O Siheung Korea Open terá o status de QS3000 e fará parte do circuito regional asiático de qualificação para o Challenger Series do próximo ano e terá como palco o Siheung Wave Park, considerado o maior parque de ondas artificiais do mundo, equipado com a tecnologia avançada da Wavegarden Cove, de 17 a 19 de novembro.

Além disso, o evento também abrigará uma prova de qualificação (QS1000) para o Campeonato Mundial de Longboard de 2024, onde são esperados mais de 120 competidores de todo o mundo.

Opinião | Será o surf o novo esporte dos ricos?

Will Hayden-Smith, Senior Manager dos Tours da WSL, está bastante otimista em relação a este evento: “A popularidade do surfe está crescendo na Coreia do Sul. Estamos ansiosos para ver a resposta dos fãs e por possibilitar esta oportunidade ao talento emergente da região. Este será um evento fantástico, que vai marcar o início de algo bem especial nesta parte do mundo”, comentou Hayden-Smith.

A inclusão de ondas artificiais em competições internacionais e a expansão da cultura do surf na Ásia podem, de fato, ser os principais impulsionadores do crescimento e popularização do surfe nos próximos anos, mas ainda é cedo para avaliar os impactos que virão junto a essa tendência, mas já é notório que o esporte atravessa uma nova transição.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias