Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Você sabia que hoje é Dia do Surfista?



Você sabia que hoje é Dia do Surfista?

Todo dia 21 de janeiro, a cidade de Santos comemora o Dia do Surfista, data criada pela lei municipal 2.172 de 2003.

+ O surfista mais velho do Brasil morre aos 89 anos
+ Dicas para fazer exercício sem prejudicar a imunidade

É difícil precisar exatamente quando o surf nasceu no Brasil, mas diversos historiadores afirmam que o esporte teria começado em Santos.
Foi na Praia do Gonzaga, em Santos, que foram feitos os primeiros registros do surf.

Os irmãos Thomas e Margot Rittscher e os amigos Osmar Gonçalves e Juá Hafers, foram os primeiros surfistas registrados pegando onda em praias brasileiras.

Anos 1930

Nos anos 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, o Rio de Janeiro serviu de base naval dos aliados e recebeu a visita de americanos que trouxeram suas pranchas de surf, máscaras de mergulho e pés de pato, e assim teriam começado os esportes de praia.

Nos anos 1950, as praias cariocas enchiam-se aos finais de semana.

A história começa em 1938 com provavelmente a primeira prancha brasileira, feita pelos paulistas Osmar Gonçalves (considerado por muitos o pai do surf brasileiro), João Roberto e Júlio Putz.

Em 1952 aparecem os primeiros surfistas cariocas nas ondas de Copacabana, aumentando a popularidade do esporte.

As pranchas de fibra de vidro só chegariam anos mais tarde, em 1964, vindas da Califórnia.

A primeira organização de surf no Brasil surgiu no ano de 1965, com o nome de “Associação de Surf do Estado do Rio de Janeiro”.

O primeiro campeonato oficial surgiu ainda nesse ano, mas o surf só seria reconhecido pelo Conselho Nacional de Esportes em 1988.

Em 1970, o surf viveu o seu primeiro boom no Brasil e a moda era shapear a própria prancha.

Surgiram então muitos nomes.

No Rio de Janeiro, Bocão e Betão, Pepê Lopes e Jorge Pritman, Lype Dylong, Daniel Friedman, Ricardo Bravo; e mais tarde Heinrich Reinhard, Heitor Fernandes, Italo Marcelo, Gustavo Kronig e Victor Vasconcelos.

Em São Paulo, Guto Navarro, Eduardo Argento, Brito, Flávio La Barre, Longarina, Paulo Rabello, Pascoal, Jorge Português, Jorge Limoeiro, e mais tarde a família Salazar, entre muitos outros.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Pauline Menzcer, campeã mundial em...

Campeã mundial em 1993 e um dos temas do filme muito aguardado Girls Cant Surf,...

“Quando parar de competir, terei...

Neste vídeo, Lucas Silveira, que está no Havaí, nos apresenta uma biquilha do shaper...

VÍDEO: Nathan Florence dá dicas...

Quem é que não quer dicas para remar melhor? Afinal, a remada é uma...

VÍDEO: Yago Dora em um...

Tem sol e as ondas estão na casa do meio metro, meio metrão. Enquanto não...