Gabriel Medina aproveita ondulação de verão em Maresias para treinar manobras aéreas. Confira registro do Maresias Crew

Por Redação HC

Em 2019, Gabriel Medina começou o ano competitivo disputando o Oi Hang Loose Pro, em Fernando de Noronha, onde acabou eliminado pelo amigo Jadson André — que viria a ser o campeão daquela etapa do QS.

Desta vez, o bicampeão mundial mudou a rotina e resolveu ficar em casa. Gabriel Medina vem aproveitando todas as últimas ondulações em seu pico local, Maresias — as boas, perfeitas, ultratubulares, e mesmo aquelas que entram mais de lado ou com vento estragando os canudos.

Assista também: Gabriel Medina em free-surf monstruoso na Indonésia

É o caso desta última, o que está longe de ser um problema. Com um vento maral soprando, os tubos não apareceram, mas as boas paredes de até um metro na série serviram de ótima pista de treino para as manobras mais clássicas, como batidas, rasgadas e cutbacks, mas também, e  principalmente, para as manobras aéreas.

Na primeira parte do vídeo, prevalecem as tentativas de backside, com um arsenal que será fundamental na abertura do Championship Tour 2020, no final de março, nas direitas de Snapper Rocks.

O vídeo é uma produção do Maresias Crew, sempre captando tudo que acontece na praia mais do litoral norte paulista. Assista ao treino e comece suas apostas:

Veja também: Fabio Gouveia é diretor de prova do Hang Loose Pro em Noronha pelo segundo ano consecutivo