Publicidade:


Publicidade:

Uma verdade inconveniente sobre o CT de 2021 da WSL

Na semana em que todas as atenções se voltaram para o anúncio da WSL sobre o CT de 2021, há quem questione se, de fato, teremos um Tour no próximo ano.

Sean Doherty, um dos mais conceituados jornalistas de surf do mundo, questionou, em sua coluna no site Coastalwatch, se a pandemia fará o Tour viável.

Com efeito, Adrian “Ace” Buchan declarou que não competirá em Pipe, na primeira etapa do ano.

O surfista australiano é um dos muitos que corre o Tour com a família ao lado, algo que vai deixar de acontecer devido à pandemia.

Veja também: WSL divulga o calendário completo do CT em 2021

Dessa forma, em relação ao CT de 2021, Ace prefere ver como as coisas correm em Pipeline para depois ir a Sunset e Santa Cruz:

Estou numa posição de escolher entre a minha família e a minha carreira. Por isso, decidi não ir a Pipe e, se tudo correr bem, depois vou a Sunset e Santa Cruz”, frisou.

Veja também: El Salvador será a sede do ISA World Surfing Games

Estas decisões prendem-se também a fatores logísticos que estão por trás das longas viagens que os atletas farão e os riscos de voos cancelados.

Contudo, mesmo perante o dilema de alguns surfistas, a WSL parece certa de que a primeira perna do Tour acontecerá.

Depois de cumpridas as três primeiras provas, seguem-se três etapas na Austrália, um dos países com menos casos, mas com rígidas medidas de segurança.

Para Doherty esta será a parte crucial da temporada, pois se a perna australiana for cancelada poderá ganhar força a possibilidade de o Tour não terminar.

Por outro lado, Tahiti ou Brasil, parecem ser etapas certas.

Além disso, a WSL poderá criar uma “bolha” para os surfistas da elite mundial, adotando um modelo de provas feitas em sequência em local isolado.

Contudo, a verdade inconveniente é que somente após a realização das primeiras provas saberemos com mais clareza se teremos ou não um Tour em 2021.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Ucrânia torna-se o 109º país...

Banhada pelo Mar Negro e sem acesso a nenhum dos oceanos, a Ucrânia acaba...

Margaret River Pro: confira as...

Após a ação no Narrabeen Classic, a elite do surf mundial segue para o...

‘Lost Track Atlantic’, um filme...

Em 'Lost Track Atlantic' os australianos Ishka Folwell e Torren Martyn viajam desde o...

2 alimentos vilões da sua...

Quantas vezes você acordou no dia de ondas grandes, passou café, e foi para...