Publicidade:

Tubarões surfam correntes oceânicas para poupar energia, aponta estudo

Uma equipe de pesquisadores Florida International University (FIU) chegou à conclusão de que tubarões tem o hábito de surfar correntes oceânicas como forma de poupar energia.

A equipe usou uma combinação de etiquetas de rastreamento acústico, câmeras transportadas por animais e suas próprias observações subaquáticas para monitorar o comportamento de um grupo de tubarões cinzentos de recife que habitam as águas do Atol Fakarava, na Polinésia Francesa.

Leia também:
+ Tudo sobre o surf nas Olimpíadas de Tóquio

+ Cancelada a etapa de Saquarema do circuito mundial

Os cientistas perceberam que tubarões “surfam” as correntes ascendentes do canal sul do atol, deixando-se levar pela força das águas.

Quando um tubarão chega a um determinado ponto, ele então volta ao ponto inicial, sempre se valendo da movimentação das correntes. O próximo tubarão da fila fez o mesmo. E então o próximo.

Monitorando os animais, os cientistas foram capazes de calcular o uso de energia daqueles que permaneceram navegando no canal e daqueles que deixaram o canal e concluíram que esse comportamento teria o propósito de poupar energia.

Ao passear e surfar nas correntes, os pesquisadores dizem que os tubarões reduzem sua energia em pelo menos 15%. Para um animal que nunca consegue parar de nadar (já que é assim que eles obtêm oxigênio), a ação do surfe proporciona um descanso muito necessário.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias